Sergio Moro aceita superministério da Justiça de Bolsonaro

O juiz federal Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, aceitou nesta quinta-feira (1) o convite do presidente da República eleito, Jair Bolsonaro, para ser ministro da Justiça.

Conhecido por sua atuação no julgamento de processos referentes à Operação Lava Jato, o juiz já era cotado para assumir uma futura vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

O Ministério da Justiça deverá ser transformado em um superministério para combater a violência e a corrupção.

O superministério da Justiça deverá reunir Segurança Pública, Controladoria-Geral da União e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Para especialistas que acompanham o processo político, ocupar o Ministério da Justiça representa uma espécie de rito de passagem para, futuramente, ser nomeado para o Supremo.

Fonte: Agência Brasil


Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre