Copa do Mundo: bares de Muriaé têm até 4 de junho para requerer alvará



Proprietários de bares e restaurantes que pretendam utilizar áreas públicas para concentração de torcedores durante a Copa do Mundo deverão requerer Alvará de Atividade Eventual (AAE) até o dia 4 de junho.

A medida, planejada pela Prefeitura em parceria com o Ministério Público (Promotoria da Infância e da Juventude), Corpo de Bombeiros e as polícias Civil e Militar, tem o objetivo de organizar o trânsito e garantir segurança para os muriaeenses, principalmente em dias de jogos do Brasil. Os estabelecimentos que não cumprirem a norma ficarão sujeitos a cobrança posterior e inclusão dos débitos na Dívida Ativa.

O primeiro passo é protocolar o pedido no setor de Cadastro Econômico da Prefeitura, localizado no térreo do Centro Administrativo. Na solicitação (cuja taxa é de R$15,38), o requerente deverá, com base na tabela do Mundial, citar as datas e os horários para os quais deseja obter o AAE, bem como informar o endereço para a concentração de torcedores.




Após a avaliação do local e a emissão do parecer positivo, será concedido o alvará especial mediante pagamento de R$51,25 por dia de evento. O responsável também deverá arcar com a taxa de limpeza exigida pelo Demsur, cujo valor é variável de acordo com o espaço utilizado e o número de participantes. Vale destacar que despesas extras, como contratação de segurança particular, são de responsabilidade dos estabelecimentos e não estão incluídas na licença especial.

As solicitações deverão ser feitas com todas as datas previstas para utilização de espaços urbanos até o fim da Copa do Mundo – no entanto, como quatro das sete partidas possíveis do Brasil dependem dos resultados no campo, a quitação para liberação dos alvarás poderá ser feita à medida em que a Seleção avançar no torneio.

– Outra possibilidade é o requerente efetuar o pagamento total, já considerando uma possível classificação à final, e pedir restituição das taxas referentes às datas não utilizadas, se for o caso. Mas sempre com a devida comprovação de que não ocorreu a ocupação de áreas públicas naquelas ocasiões – explica a fiscal fazendária da Prefeitura, Jeanne Batista.

Mais informações: (32) 3696-3417.

Além de aumentar segurança, medida pretende evitar transtornos após partidas

O prefeito Grego lembra que a iniciativa tem o objetivo de garantir que o cotidiano da cidade seja restabelecido logo após o fim dos jogos.

– A Copa do Mundo é sempre uma grande festa para os brasileiros, e em Muriaé não é diferente. Vamos nos empenhar para que todos possam torcer e comemorar as vitórias do Brasil com a segurança e a ordem necessária, mas também dando todas as condições para que as pessoas possam voltar à rotina normal depois de cada apito final – ressalta.

Fonte: PMM

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.