Greve dos Correios tem adesão em Muriaé



Nesta segunda-feira (12), servidores dos Correios iniciaram uma greve em todo o país. Entre outras reivindicações, a categoria é contra as mudanças no plano de saúde da empresa, que preveem o pagamento das mensalidades pelos funcionários e a retirada de dependentes dos contratos.

O início da greve coincide com o julgamento sobre o plano de saúde dos trabalhadores no Tribunal Superior do Trabalho (TST), também marcado para amanhã, referente à última negociação salarial.

Em Muriaé, cerca de 30% de servidores aderiram a greve e se reuniram durante a manhã na Praça Coronel Pacheco de Medeiros, no Centro, próximo a agência dos Correios. Apesar da paralisação, as agências na cidade estão funcionando normalmente, bem como as entregas de correspondências.




– Na nossa região, a greve teve uma boa adesão. Além de Muriaé, funcionários dos Correios entraram em greve em Recreio, Cataguases, Leopoldina, Juiz de Fora, Barbacena e Mar de Espanha – disse Alan Marques da Cruz, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Comunicação Postal Telegráficas e Similares de Juiz de Fora e Região (Sintect/JFA).

O GUIA MURIAÉ tentou contato com a assessoria de imprensa dos Correios em Minas Gerais, mas não teve resposta até a publicação desta matéria.

Fonte: Guia Muriaé, com informações da Agência Brasil

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.