Mudanças no trânsito em Muriaé; Taxistas serão obrigados a usar taxímetro em todas as corridas

Mário Brambila

O diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Mário Brambila, concedeu entrevista na manhã desta terça-feira (19) na Rádio Atividade AM, no programa Júlio Soares, explicando sobre a situação do trânsito em Muriaé, as mudanças necessárias e as novidades que estão a caminho para a melhoria do fluxo de veículos na cidade e na forma de cobrança pelas corridas, por parte dos taxistas que trabalham na cidade.

Na entrevista, o diretor falou sobre a colocação de sinais de trânsito nos principais cruzamentos da cidade, a mudança no sentido do trânsito em certas ruas, como a Santa Rita (Centro) e Itagiba de Oliveira (Barra). Outro fato citado por Mário é que esta semana será realizada uma reunião com todos os taxistas da cidade para que algumas mudanças passem a ser respeitadas. E dentre elas está o funcionamento do taxímetro em todas as corridas, fazendo com que os clientes paguem o valor exato marcado e não o combinado antes do percurso.

Segundo Mário Branbila, muitos projetos já estão prontos, na dependência apenas da liberação de recursos para que sejam executados, facilitando assim a circulação dos veículos pelas ruas de Muriaé.

Fonte: Claudio Cordeiro
Foto: Arquivo pessoal


2 Comentários

  1. Nós, cidadãos Muriaeenses que sofremos todos os dias com a “bagunça generalizada”do trânsito em horários de pico em nossa cidade agradeceremos muito quando todas estas mudanças sejam realmente implantadas, pois, nossa cidade há muito tempo necessita de vários semáforos em pontos estratégicos e melhoria da malha viária, ou seja, asfaltamento de vias no centro e barra onde ainda se encontram com pavimentação em pedras em algumas de suas ruas, principalmente no centro da cidade, dificultando a movimentação dos veículos, porque tais ruas estão esburacadas e com muitos desnivelamentos, um bom exemplo seria a Rua: Lincoln Marinho na Barra e a Rua: Coronel Marciano Rodrigues no Centro, uma rua super movimentada e com péssima mobilidade por ainda não ser asfaltada totalmente.

  2. “Outro fato citado por Mário é que esta semana será realizada uma reunião com todos os taxistas da cidade para que algumas mudanças passem a ser respeitadas. E dentre elas está o funcionamento do taxímetro em todas as corridas, fazendo com que os clientes paguem o valor exato marcado e não o combinado antes do percurso.”

    Já era tempo, porém o mesmo não está sendo cumprido. O legal e justo é o uso do taxímetro, e se houvesse uma fiscalização a mudança teria ocorrido há tempo, pois é lei o uso do mesmo.
    Observa-se que a reportagem é datada em fevereiro, já estamos em julho e nada de cumprirem a lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo