Níveis dos rios Preto e Muriaé diminuem nas cabeceiras e recuo já percebido na área urbana de Muriaé

Muriaé e cabeceiras dos rios que cortam o município permanecem, aproximadamente, 24 horas sem chuvas Volumosas, permitindo assim o escoamento mais rápido dos rios que cortam a área urbana.

O Rio Muriaé, em sua cabeceira, recuou ao longo do dia, 76 cm e o Rio Preto, 40 cm. Este recuo será percebido nas próximas horas em nossa área urbana, caso não ocorram chuvas Volumosas próximas as cabeceiras do rios.

De acordo com o satélite, no momento, não temos próximo a Muriaé precipitações consideráveis que possam atrasar seus escoamentos.

Vale lembrar que estamos sobre atuação de um corredor de umidade (ZCAS) que se estende até o próximo domingo, dia 21/02, que pode ao longo das próximas horas permitir que novas áreas de instabilidade se formem e gerem outras precipitações.

Neste sábado, nova atualização será realizada pela equipe da Defesa Civil, em relação a previsão Meteorológica, como também, do nível dos Rios.

MONITORAMENTO DOS RIOS PÓS ALERTA DE CHEIAS

A Defesa Civil de Muriaé realizou na tarde desta sexta-feira, dia 19/02, a medição dos Rios Preto e Muriaé após a elevação de seus níveis depois da ocorrência de chuvas intensas registradas nas últimas 48 horas.

Ambos os rios apresentam proximidade de suas cotas de transbordo no perímetro urbano, sem que as calhas, durante a medição, fossem extrapoladas.

Fora do perímetro urbano do município, o Rio Muriaé já apresenta pontos de transbordo em áreas onde a calha é mais estreita e de profundidade reduzida.

Devido a previsão de chuvas Volumosas para está sexta feira, dia 19/02 e sábado, dia 20/02, a Defesa Civil mantém o alerta de possibilidade de cheias afim de informar e prevenir a população ribeirinha para a possibilidade do evento adverso.
Quaisquer dúvidas, ligue 199.

Fonte: Defesa Civil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo