Novos ipês são plantados no Cemitério de Muriaé

A Prefeitura de Muriaé realizou o plantio de oito mudas de ipês na última segunda-feira (1) no Cemitério Municipal, nas proximidades da capela mortuária, para que as árvores possam gerar sombra e tornar o local mais agradável para o público. Os ipês estão em bom estágio de crescimento e deverão fornecer mais frescor para o espaço, melhorando o bem-estar da população que precisa frequentar aquele ambiente.

As árvores antigas existentes no cemitério eram de espécies que possuem raízes muito longas e profundas, podendo prejudicar o muro de contenção que foi construído para permitir a formação de uma nova área para jazigos. Outro motivo que envolve a mudança é a questão das árvores estarem antigas, oferecendo perigo dos galhos quebrarem e machucarem os visitantes. Segundo o engenheiro florestal e funcionário da Secretaria de Agricultura, Sérgio Vilhena, a solicitação de corte foi enviada para o Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (CODEMA), que autorizou o serviço.

“As árvores que foram cortadas no cemitério estavam muito altas, antigas e algumas delas com cupim. Elas estavam a ponto de danificar o aterro construído no local, onde fica o guarda-corpo. O pedido de corte delas foi enviado ao Codema para que todos pudessem votar na solicitação e foi aprovado. Agora, foram implantadas novas espécies no lugar daquelas que estavam velhas e já apresentavam perigo. Existe um tipo de árvore adequado a cada tipo de lugar. Os ipês irão crescer daqui a algum tempo e vão dar certa aclimatação ao ambiente”, disse o engenheiro florestal.

O Codema é órgão formado por 22 membros de órgãos públicos e sociedade civil de Muriaé. Envolve polícia florestal, ambientalistas, presidentes de associações de bairro, vereadores, entre outros. Ele se reúne nas últimas quintas-feiras de cada mês para deliberar sobre as solicitações de corte e analisa caso a caso o que deve ser feito. Geralmente, as reuniões acontecem no 1º andar do Centro Administrativo, IFET ou Zaccaria Marques. Pessoas interessadas em assistir podem participar das sessões.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre