Obras do Complexo Santa Rita reiniciam nas próximas semanas

Uma bateria de obras da Prefeitura de Muriaé reinicirão e outras entrarão no cronograma de atividades a serem executadas nas próximas semanas. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (14).

Em entrevista com o prefeito, Aloysio Aquino, e o vice-prefeito, João Ciribelli, que estiveram em Belo Horizonte, estes dias, eles informaram sobre a reprogramação de recursos a serem depositados na Caixa Econômica Federal para que, nos próximos 15 dias, recomece a obra do Complexo Santa Rita.

As regiões da Rua Santa Rita que ainda precisam de reparos, como o acesso pela Avenida Constantino Pinto – perímetro que aguarda a implantação das travessias de cabos de fibra ótica pela empresa de telefonia OI; e também o processo de desapropriação de casas na Rua Teodorico Torres já está em processo avançado, às casas estão desativadas e serão demolidas perante ordens judiciais. Assim, o serviço retornará a sua sequência.

Segundo o prefeito, os recursos no valor de 39 milhões de reais serão aplicados em três etapas. A primeira será o Complexo Santa Rita (ruas Vicente Alves, Teodorico Torres, Vila Maricas, José de Abreu e Constantino Pinto). A segunda etapa, serão as obras do Parque Linear que deverá se estender da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE – Safira até as imediações do bairro João XXIII. A terceira etapa, que envolve tais recursos, serão a drenagem pluvial em ruas da Barra, Dornelas e Primavera.

Na Barra, as redes pluviais deverão ser feitas nas ruas Rockefeler e imediações e, no Dornelas, na Rua Wilson Amaral e arredores. Já no bairro Primavera, o trabalho será para solucionar o problema das erosões.

Também foram viabilizadas verbas para a continuação das obras de contenção dos muros que estão sendo construídos como o prolongamento da Avenida Jk – Rua Francisco Carlos Machado; o muro da Avenida Newton Resende – um dos perímetros mais críticos de Muriaé; e o muro do bairro Coronel Izalino – nas proximidades do Clube do Bocha. De acordo com Aloysio Aquino, a intenção é realizar o serviço antes do período das chuvas.

Outra obra que será iniciada é a Estação de Tratamento de Esgoto (a estação principal – a ser erguida no antigo matadouro). Inicia esta semana os serviços de terraplenagem. A construção permitirá que Muriaé tenha 100% do esgoto tratado no perímetro urbano.

A respeito das obras de Mitigação das Cheias do Rio Muriaé, obra que irá beneficiar a mais de 20 mil pessoas, Prefeito e vice estiveram no Departamento Estadual de Obras Públicas – DEOP, para buscar a liberação do restante do recurso que irá completar os custos da grande obra que cobrirá toda a extensão do Rio Muriaé. O Departamento apresentou ao Prefeito e ao vice-Prefeito a planilha de realização das atividades em todo o Estado e, como Muriaé é a maior mitigação a ser realizada, precisou aguardar um período melhor para a organização do edital. Segundo eles, somente agora a liberação acontecerá.

Fonte: Prefeitura de Muriaé / Foto: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre