Procon Muriaé prepara operação “Cadê o Preço?” para vendas na internet

Uma vez que o comércio eletrônico ganhou expansão devido às restrições da pandemia da Covid-19 e após várias reclamações recebidas pelo Procon Muriaé quanto à venda em redes sociais, o órgão de defesa do consumidor prepara o início da operação “Cadê o Preço?”, de fiscalização no ambiente virtual.

Nas últimas semanas, os agentes do Procon constataram que a não divulgação do preço junto ao produto ou serviço ou a de informá-lo apenas via “inbox” é comum, estando assim em desconformidade com o Código de Defesa do Consumidor.

“Verificamos que muitos vendedores online não se atentaram para as normas do código, as quais exigem que todos os produtos tenham seus preços informados de maneira fácil e visível, independente de estarem expostos em lojas físicas ou virtuais”, pontua a fiscal Ana Paula Paschoal. “Os consumidores estão atentos aos seus direitos e o órgão está recebendo diversas reclamações pela ausência de preços e que as informações só podem ser repassadas via direct”, acrescenta a também fiscal Carolina Benini.

A operação “Cadê o Preço?” deverá orientar os vendedores da internet a respeito de como proceder nos anúncios em redes sociais, informando todos os dados de forma clara para os clientes.

“Nosso objetivo não é penalizar o fornecedor, mas sim orientar. O comerciante precisa entender que as redes sociais são extensões de seus empreendimentos e, portanto, devem seguir as mesmas normas do Código de Defesa do Consumidor”, destaca o coordenador-executivo do órgão, Cristiano de Assis.

Imagens dos produtos

Os fornecedores de serviços e produtos devem se atentar ainda que, caso as imagens das postagens sejam retiradas da internet, estas precisam especificar que se tratam de imagens meramente ilustrativas.

Fonte: PMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo