Projeto de lei para doação de terreno para APAC em Muriaé é protocolado

Dep. Wilson Batista

Em meio a um exaustivo debate durante a audiência pública sobre segurança, realizada em Muriaé na última segunda-feira (25) pela Câmara Municipal, uma das revindicações levantadas foi a doação de um terreno ao município, para a construção de uma Associação de Proteção aos Condenados (APAC). O terreno, que já fora identificado anteriormente nas imediações da penitenciária Manoel Martins Lisboa Júnior, pertence ao estado de Minas Gerais e se tornou objeto de um Projeto de Lei (PL), de autoria do deputado Dr. Wilson Batista, para doação ao município de Muriaé.

No dia seguinte à audiência foi protocolado o PL que pretende doar ao município de Muriaé um terreno de 50.000m2, que pertence ao estado de Minas Gerais e era utilizado pela Companhia de Armazéns e Silos de Minas Gerais, a CASEMG. Localizado na estrada que liga a BR356 à penitenciária Manoel Martins Lisboa Júnior, o terreno foi considerado o mais apropriado por estar próximo à unidade prisional.

Para o deputado Dr. Wilson Batista, o esforço para doação se dá em função do apelo da sociedade e do eficiente sistema de recuperação das APAC’s. “Os interesses e pedidos da nossa sociedade são minha preocupação e o modelo da APAC já apresentou resultados positivos em diversos municípios, por isso vamos reunir esforços para tornar isso realidade em nossa região”, enfatizou o parlamentar.

Criminalidade

A audiência que deu origem ao PL discutiu a questão da violência no município de Muriaé. Segundo dados da Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais, o município apresentou um aumento de 16,3% no comparativo 2012/2011 quando se trata de Crimes Violentos, que são aqueles praticados contra a vida e com a intenção de matar. Já os Crimes Violentos contra o Patrimônio, em Muriaé, apresentaram aumento de 21,1% no comparativo do mesmo período. Ainda segundo dados da própria Secretaria, quando comparados a uma série histórica, que teve início em 2004, o município apresenta redução de -21,3% entre os anos de 2012/2004 para os Crimes Violentos e de -19,8% entre os Crimes Violentos contra o Patrimônio no mesmo período.

Fonte: Deputador Dr. Wilson Batista


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo