Home / Notícias / Educação / FAMINAS oferece novos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia de Produção

FAMINAS oferece novos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia de Produção

A Faculdade de Minas (FAMINAS) vai oferecer dois novos cursos no próximo vestibular, previsto para o final do ano: Arquitetura e Urbanismo e Engenharia de Produção. A instituição ainda aguarda a publicação de autorização para realização do vestibular de Medicina.

Arquitetura e Urbanismo

A Arquitetura e Urbanismo é a arte de projetar e organizar espaços internos e externos, de acordo com critérios de estética, conforto e funcionalidade. O Arquiteto projeta e coordena a construção ou a reforma de prédios. É responsável pela planta e determina os materiais que serão utilizados na obra, levando em consideração o uso do imóvel, a disposição dos objetos, a ventilação e a iluminação. Ao lado do engenheiro, acompanha a construção e gerencia os custos e a mão de obra. Atua nas etapas finais da obra. Como Urbanista, planeja o crescimento de cidades e bairros. Também desenha objetos e elabora placas de sinalização e logotipos.




O Arquiteto Urbanista é, então, o profissional responsável por pesquisas relacionadas à habitação; recuperação de áreas urbanas degradadas; planejamento e gestão urbana; conforto ambiental; representação gráfica, arquitetura moderna; procedimentos projetuais; arquitetura e outras artes; e tecnologia da construção, preservação do patrimônio histórico e arquitetura em terra.

Duração: 5 anos/10 períodos
Período: Diurno e Noturno
Vagas: 120

Engenharia de Produção




É o ramo da engenharia que gerencia os recursos humanos, financeiros e materiais para aumentar a produtividade de uma empresa. O Engenheiro de Produção é peça fundamental em indústrias e empresas de quase todos os setores. Ele une os quatro grandes pilares de estudo: Conhecimentos Gerais (ciências básicas que suportam a área de engenharia e a formação humanística); Gestão Empresarial (conteúdos focados na visão integrada e sistêmica da empresa ao sistema econômico e social em que se insere); Base Tecnológica (arquitetura industrial, mecânica, elétrica, automação); e Formação Específica, que contempla as áreas de atuação a esta modalidade de engenharia (qualidade, produtos/processos, logística, ergonomia, estruturas organizacionais e sistemas de produção, entre outras).

O Engenheiro de Produção, portanto, é o profissional que define a melhor forma de integrar mão de obra, equipamentos e matéria-prima, a fim de avançar na qualidade e aumentar a produtividade. Por atuar como elo entre o setor técnico e o administrativo, seu campo de trabalho ultrapassa os limites da indústria. O especialista em economia empresarial, por exemplo, costuma ser contratado por bancos para montar carteiras de investimentos. Esse profissional é requisitado, também, por empresas prestadoras de serviços para definir funções e planejar escalas de trabalho.




Duração: 5 anos /10 períodos
Período: Diurno e Noturno
Vagas: 120

Fonte: Guia Muriaé, com informações da FAMINAS

Confira também

Alunos da rede municipal de ensino de Muriaé farão a Prova Brasil

Alunos das turmas de 2º, 5° e 9º ano do Ensino Fundamental de 23 escolas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *