Aos 71 anos, atleta de Muriaé volta a competir no Deserto do Sahara

O corredor Albino Pinto da Rocha, de 71 anos, voltou a competir no Desafio do Deserto do Sahara. O carioca radicado em Muriaé se preparou durante meses para encarar o maior deserto quente do mundo.

Em extensão territorial, o Deserto do Sahara é o segundo com pouco mais de 9 milhões de Km². Localizado no Norte da África, estende-se por diversos países: Marrocos, Egito, Argélia, Líbia, Tunísia, Mauritânia, Mali, Sudão e Chade. As chuvas são bem raras na região e as temperaturas podem chegar a 50°C durante o dia e -5°C à noite. Essas características revelam a grandiosidade e a hostilidade do Deserto do Sahara.

Esse foi o cenário que o corredor enfrentou. Ele disputou a prova de 25 km, a qual completou em 03:38:34. “Dessa vez não deu pódio, mas estou muito feliz por ter completado o percurso e levar a medalha com muito orgulho para Muriaé”, disse.

Albino terminou em sexto na sua faixa etária. O campeão completou o percurso em 02:41:46.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo