Home / Notícias / Governador convoca mineiros para erradicar a dengue no Estado

Governador convoca mineiros para erradicar a dengue no Estado

Dengue




O período chuvoso se aproxima e, com ele, aumentam-se os riscos de se contrair a dengue, uma doença grave que pode causar a morte. Nos últimos dois anos, Minas Gerais se tornou mais uma vez referência para o Brasil ao diminuir exponencialmente os números de casos da doença. Mas os bons resultados não podem desmobilizar a população. O risco é contínuo e o trabalho de prevenção tem que continuar.

É o que alerta o governador Antonio Anastasia no programa Palavra do Governador desta semana em que o Governo de Minas lançou a campanha “Dengue: tem que acabar! É hora de todo mundo agir”.

“Como essa época é de preparo, esta campanha está sendo lançada. A dengue tem que acabar! Nós começamos o período da chuva nesse momento e vamos trabalhar firmes para que, no início do ano que vem, quando a chuva terminar, nós tenhamos condições de diminuir ainda mais o número dos casos de dengue em nosso Estado. Não podemos deixar nenhum tipo de recipiente que possa acumular água parada, porque isso permite a larva do mosquito da dengue germinar e no futuro isso vai trazer mais problemas”, alerta Anastasia.

O Governo de Minas quer fazer com que os casos e mortes por dengue diminuam ainda mais. Para isso, explica o governador, o poder público está tomando suas ações, mas é preciso a atenção e mobilização conjunta de toda a sociedade.

“O próprio cidadão tem vários métodos para ajudar nesse combate, especialmente, quando leva a notícia à Prefeitura Municipal, ao Governo do Estado, de onde há suspeita de um foco de dengue. Porque, como nós sabemos, esses focos não estão nas ruas e nas praças. Estão, na maior parte das vezes, dentro das casas das pessoas e o poder público não tem conhecimento. Por isso, é fundamental que essa vigilância ocorra, que toda a sociedade trabalhe irmanada, de maneira harmônica, para nós combatermos a dengue”, ele afirma.

Nos últimos anos, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o trabalho em conjunto entre o Governo do Estado, os municípios e a sociedade como um todo, fez como que o número de casos de dengue diminuísse muito. Em 2010, foram notificados 267.241 casos de dengue em todo o Estado, número que caiu para 66.565 em 2011 depois do lançamento da campanha “Dengue: Agora é Guerra!”.

“Nós tivemos no ano de 2010 um grande pico de dengue em Minas e em outros estados da Federação. Aqui em nosso Estado nós iniciamos naquele ano um grande movimento, um movimento cívico, uma verdadeira guerra. A campanha lançada naquele momento teve exatamente essa denominação: Agora é Guerra. Por que motivo? Nós já percebemos que as pessoas sabem dos riscos da dengue, conhecem como a doença ocorre e o que devem fazer para preveni-la. Mas havia falta da mobilização. Houve então um grande esforço do Governo, juntamente com a sociedade”, lembra Anastasia.

Mas, segundo o governador, os bons números não podem esconder os problemas que ainda existem. Por isso, nesta edição do Palavra do Governador, Anastasia lança um desafio para a sociedade: “Nós queremos erradicar a dengue, trabalhar firmes para que ela não ocorra mais. É muito importante, portanto, que todas as famílias, as pessoas, cada vez mais, se conscientizem que o combate à dengue deve ser permanente”.

O Palavra do Governador pode ser reproduzido por qualquer veículo de imprensa, sem ônus. O programa é disponibilizado todas as quintas-feiras nas modalidades em texto, áudio e vídeo (em qualidade HD).

Fonte: Agência Minas

Confira também

Adolescentes têm celulares roubados por dupla de moto em Ubá

Dois adolescentes foram roubados, na noite dessa segunda-feira (28), na cidade de Ubá. Publicações relacionadasEm …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *