Audiência pública discute segurança pública em Muriaé

Foi realizada, na noite desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de Muriaé, uma audiência pública que debateu a questão da segurança pública na cidade, que já teve até o momento dez assassinatos (este número é mais que o dobro do registrado no mesmo período do ano passado) e várias tentativas de homicídio.

Entre outros pontos discutidos, está a criação de um Centro de Internação de Menores. Segundo a promotora de Justiça, Dra. Jackeline Ferreira Rangel, a implantação deste Centro é algo imprescindível para diminuir a violência. “Acreditamos que após um ano de funcionamento o índice de violência tende a cair” ressaltou.

A criação de uma Guarda Municipal também foi abordada. O representante do Executivo, professor Adelunar Marge, comentou que este já é um projeto da Prefeitura e que, assim que possível, a ideia vai ser colocada em prática, desafogando o trabalho da Polícia Militar nas ruas. “Faremos o possível para implantar este projeto”, afirma.

Outro ponto de importância levantado pelo delegado da Polícia Civil, Alessandro da Mata, foi a criação da 2ª Vara Criminal, com dois juízes trabalhando na cidade. Atualmente, mais de nove mil processos aguardam julgamento. “Instalar outra Vara é uma necessidade. Temos pouca gente para trabalhar. Precisamos ter força política para que isso possa acontecer. Temos que lutar e resolver essa situação” reforçou o Juiz da Vara Criminal, Mauricio José Machado.

O diretor da Penitenciária Regional de Muriaé, Francisco Alves da Silva Neto, falou sobre a necessidade de infra-estrtura do sistema prisional. Segundo ele, atualmente, enfrenta-se muitas dificuldades. O diretor solicitou aos políticos ações para melhorar a situação.

O Comandante do 47º Batalhão da Polícia Militar de Muriaé, Tenente Coronel Cláudio Nazário, se colocou à disposição para trocar ideias e apontar sugestões a respeito do Projeto Olho Vivo, programa de monitoramente através de câmeras.

A audiência pública contou com a presença da sociedade, policiais, autoridades e políticos.

Fonte: CMM

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo