Câmara de Muriaé é fechada após confirmação de casos de Covid-19

Portaria assinada pelo presidente da Câmara, Afonso da Saúde (PTB), determina o fechamento da Casa Legislativa após o surgimento de casos suspeitos e quatro casos confirmados de coronavírus entre seus membros.

A medida tem o objetivo de garantir a segurança de servidores, vereadores, assessores parlamentares e população em prevenção à covid.

Com isso, a sessão extraordinária que aconteceria nesta sexta-feira, 28, teve que ser cancelada. O PL 91, que disciplina o auxílio tarifário ao transporte público coletivo, será colocado em pauta, em primeira votação, tão logo as atividades retornem.

Além disso, todo o prédio da Câmara passará por uma desinfecção na próxima semana. O funcionamento retornará somente após a dedetização total do espaço e exame de covid dos servidores.

Ainda de acordo com a portaria, os servidores trabalharão na modalidade de home office. Também estão suspensas a realização de outras atividades que envolvam a participação do público externo, como eventos institucionais, incluindo seminários, fóruns técnicos, ciclos de debates, debates públicos, homenagens, acesso do público aos gabinetes parlamentares, programas de visitação à Câmara e cessão de espaços para convenções partidárias e outros encontros.

Já as convocações e publicações feitas aos vereadores serão cumpridas através do WhatsApp, email, ligação telefônica ou outro meio remoto: Para o regular seguimento das atividades legislativas, as matérias, projetos e outros documentos deverão ser enviados para o [email protected] ou [email protected]

Fonte: CMM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo