Home / Notícias / Governo / Cartão Reforma: novo programa social do governo para famílias de baixa renda

Cartão Reforma: novo programa social do governo para famílias de baixa renda

Criado para atender a necessidade dos brasileiros mais pobres em melhorar suas residências, o programa Cartão Reforma vai oferecer benefício no valor médio de R$ 5 mil, às famílias que possuem renda bruta de R$ 1.800, para aquisição de materiais de construção destinados à reforma, ampliação ou conclusão de moradias.

O início do programa está previsto para 2017, com orçamento inicial de R$ 500 milhões. O repasse de recursos será feito pelo Ministério das Cidades, via Caixa Econômica Federal, que disponibilizará o cartão para as famílias selecionadas. No Brasil, 7,8 milhões de moradias precisam ser reformadas. Destas, 3,6 milhões de residências pertencem a famílias com até R$ 1.800 de renda.

Estados e municípios serão responsáveis pelo mapeamento da área de intervenção e pela identificação das famílias que poderão receber o benefício. Apenas áreas regulares ou passíveis de regularização serão atendidas pelo programa. Como contrapartida, os beneficiários serão responsáveis pela mão-de-obra. No entanto, o Ministério das Cidades vai oferecer recurso também para que técnicos acompanhem e orientem as obras.




O ministro das Cidades, Bruno Araújo, informa que o programa é flexível e poderá contar com incremento dos estados e municípios que queiram disponibilizar mais recursos para a demanda local. “Sabemos que o orçamento atual está longe de alcançar a demanda que existe no país, mas estamos conscientes que é preciso construir um programa transparente, duradouro e sustentável para que esta parceria ultrapasse governos e colabore com a queda do déficit habitacional qualitativo”, explica.

Além de possibilitar a melhoria de habitações das famílias de baixa renda, o Cartão Reforma tem a missão de estimular a indústria nacional, os comércios locais, além de gerar emprego e renda para as regiões. “É um marco da nova gestão federal, que busca unir forças da União com a sociedade para termos um Brasil cada vez mais justo, oportuno e em iguais condições, com mais qualidade de vida para todos os brasileiros”, destaca o ministro.

O programa será lançado nesta quarta-feira (9), no Palácio do Planalto, às 15h, na presença do Presidente da República, Michel Temer, ministros de Estado, parlamentares, autoridades e representantes da indústria de material de construção.




Fonte: Ministério das Cidades




Confira também

Projeto declara de utilidade pública a Associação Muriaé dos Autistas

O vereador Professor Julio Simbra (DEM) enviou à Câmara Municipal um projeto que declara de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *