Resumo da novela Alto Astral – Capítulo 58, quinta-feira (08/01)

Vai ao ar hoje (08/01), na Globo, o capítulo 58 da novela Alto Astral. No capítulo desta quinta-feira, Um segurança vê Maria Inês saindo de carro com Caíque e avisa a Marcos. Manuel aceita trabalhar na lanchonete e a família decide esconder de Afeganistão que é ele quem faz os deliciosos salgados.

Marcos persegue o carro de Maria Inês com a polícia. Débora e Ricardo se beijam. Liz sugere que Ricardo procure Adriana para saber de Scarlet. Caíque decide voltar para a clínica e Maria Inês promete tirá-lo de lá. Manuel se surpreende ao saber por Tavares que Israel não trabalha mais no hospital. Fernando insiste para que Caíque peça para Castilho voltar. Fernando e Marcos veem uma reportagem na internet sobre a operação que Caíque fez às escuras, prejudicando a imagem do hospital. Castilho aparece novamente para Caíque.

Débora dá mole, marca em cima e Ricardo tasca beijão na gata

Tem gente que não tem jeito mesmo! Débora (Rosanne Mulholland) fez de tudo para conseguir almoçar com Ricardo (Nando Rodrigues) e, na hora de se despedir, ela não para de dar em cima do nadador, além de jogar diversos elogios: “Seus pais têm muito orgulho de você. E agora que te conheci pessoalmente, tenho que concordar… Você é mesmo um campeão!”.

O rapaz fica sem graça e diz que é tudo exagero, pois ele não é perfeito. Mas, mesmo assim, Débora não desiste e dispara: “Porque além de tudo isso, você é… Envolvente… Tem um jeito carinhoso de olhar… De sorrir…”. E claro que o gato não resiste ao charme da moça e tasca aquele beijo de tirar o fôlego!

Será que teremos um novo casal?

Laura se desespera com estado de Caíque

Depois de uma perseguição intensa, Caíque (Sergio Guizé) decide se entregar aos médicos da clínica psiquiátrica, já que é pressionado por todos os lados. Maria Inês (Christiane Torloni) acompanha tudo em choque e Laura (Nathalia Dill) tenta correr até o noivo, mas é impedida por Marcos (Thiago Lacerda). “Não machuca meu filho! Ele não é nenhum criminoso!”, grita a mãe.

O clínico fala numa boa com os enfermeiros e garante que não vai resistir à internação, mas os profissionais seguem com o atendimento de socorro e dopam o médium. Antes que ele perca a consciência, Laura consegue correr, pegar em sua mão e trocar um olhar apaixonado.

Tadinho do Caíque! Como ele vai conseguir se livrar dessa?

Perseguição em alta velocidade tem final trágico e dramático

Depois que Marcos (Thiago Lacerda) chegou na casa de Samantha (Claudia Raia) junto de seguranças, Caíque (Sergio Guizé) só teve uma opção: fugir! Ao sair correndo, encontra Maria Inês (Christiane Torloni), que decide ajudar. Mãe e filho saem com o carro em alta velocidade e são perseguidos pelo médico. “Não vou deixar você levar seu irmão de volta praquela clínica! Não vou!”, grita a mãe, aflita.

Durante a fuga, Maria Inês se mostra arrependida de ter deixado o filho se internar. “Você não me abandonou… Quem fez a burrada de se internar naquela clinica fui eu! Encosta o carro, tou pedindo”, suplica Caíque. Mas sua mãe está determinada e não lhe dá ouvidos. O carro entra na contra mão e ela tenta desviar de outro veículo, mas a dupla acaba rodando na estrada.

Que tensão! O que será que vai acontecer com eles?

Castilho reaparece para Caíque e o médium é internado sob vigilância total

Será que não tem mais jeito? Caíque (Sergio Guizé) volta para a clínica psiquiátrica e, enquanto anda pelos corredores, escuta a médica pedir para aumentar a segurança do seu quarto. No desespero, ele pensa nos meios para sair de lá e acaba se lembrando de uma ideia de Fernando (Marat Descartes), que evolve o, até então desaparecido, Castilho (Marcelo Médici).

Pronto! Só de pensar no espírito faz com que ele apareça de novo. “Sabia que uma hora você ia precisar de mim”, diz o falecido médico. Caíque se irrita com a presença do espírito e dispara: “Vaza, Castilho. Se me pegam falando sozinho não saio mais desse lugar”. Para deixar o clima ainda mais tenso, eles escutam a doutora chegando no quarto do clínico, mas ele desaparece para não criar mais problemas.

A médica chega com a péssima notícia de que vai transferir Caíque para o quarto de monitoramento, mas ele tenta se defender: “Ô doutora, tou bem… Não preciso ser vigiado o tempo todo”. Tenso! Será o que plano de Castilho vai funcionar?

Leia também:

* Resumo da novela Alto Astral – 05 de janeiro a 10 de janeiro
* Resumo da novela Alto Astral – 12/01 a 17/01


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo