Homem é preso após tentar furtar gasolina em lava jato em Muriaé



Um homem de 33 anos foi preso, na madrugada deste domingo (3), após ter sido flagrado tentando furtar gasolina de um veículo que estava em um lava jato em Muriaé.

Por volta da 1h30, a Polícia Militar recebeu informações dando conta de que havia um cidadão no interior de um lava jato, que funciona na Rua João Braga Filho, no bairro São Pedro.

Enquanto uma equipe da PM deslocava para averiguar a situação, os militares depararam com um cidadão já conhecido no meio policial, contumaz na prática de furtos, correndo pela BR 356.




Ele foi abordado e confessou o crime, dizendo que escalou um muro ao lado do estabelecimento, acessou o comércio e cortou a mangueira de combustível de uma motocicleta que estava estacionada no local.

Ele pretendia encher um galão, mas foi surpreendido pelo irmão do proprietário do lava jato, não conseguindo levar o combustível que já havia retirado do tanque do veículo e encontrava-se armazenado em um galão.

O dono do estabelecimento fez contato com a polícia e relatou que seu comércio já havia sido alvo de furto de combustível no dia 30 de maio, quando um indivíduo não identificado subtraiu gasolina que estava em uma motocicleta. Questionado, o abordado acabou confessando ter sido o autor do delito.

O meliante foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.