Homem é preso suspeito de participação na morte do próprio irmão em disputa por herança

Nessa terça-feira (7), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, em Muriaé, um homem de 43 anos, suspeito de ter participado da morte do próprio irmão, de 50 anos.

O corpo de Leandro Guimarães Cataldo foi localizado, no dia 19 de fevereiro, em avançado estágio de decomposição, nas margens do Rio Glória, na estrada de acesso ao povoado de Patrimônio dos Carneiros.

O homem estava desaparecido desde o dia 12 do mesmo mês. Durante a ação, um jovem de 22 anos também foi preso, investigado por ter tentado vender o veículo da vítima.

De acordo com o delegado Tayrony Espíndola, a família chegou a procurar pela polícia para noticiar o desaparecimento do homem no dia 17 de fevereiro.

Posteriormente, o corpo foi localizado pelo Corpo de Bombeiros, envolto em um plástico preto e amarrado com duas barras de concreto, utilizadas para mantê-lo submerso.

– E apresentava marcas de ação contundente na cabeça, inclusive, com esmagamento parcial da calota craniana – explicou o delegado, complementando que, durante os levantamentos, foi identificada uma série de contradições no depoimento do suspeito.

As investigações apontam que a motivação do crime pode estar relacionada à disputa familiar, entre os irmãos, envolvendo terras da família.

Segundo a PCMG, as investigações seguem em andamento.

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre