Juíza Eleitoral da voz de prisão a pré-candidato a vereador em Muriaé por ameaça



Juíza Eleitoral da voz de prisão a pré-candidato a vereador em Muriaé por ameaça

Na tarde de sexta-feira (10), um cidadão que fez seu registro para concorrer como candidato a vereador em Muriaé se dirigiu ao fórum da comarca da cidade e no Cartório Eleitoral buscou saber os motivos para resolver os problemas que levaram ao indeferimento de sua candidatura para as eleições de 7 de outubro. Ele foi atendido e se retirou do Cartório indo direto para a sala da Juíza Eleitoral, Dra. Alinne Arquette Leite.




O candidato foi atendido pela Juíza e não conseguiu resolver a situação em relação ao indeferimento de sua candidatura, saindo em seguida e dizendo: “Tem gente que tem muita coragem”. A Juíza ligou de imediato para a portaria pedindo que o cidadão fosse informado para retornar, mas ele não o fez e ela foi até o corredor e deu voz de prisão por ameça, chamando em seguida a Polícia Militar que compareceu, ficou ciente da situação e encaminhou o homem para a Delegacia de Polícia no Safira, onde foi registrado a ocorrência e tomadas as devidas providências.

Fonte e foto: Claudio Cordeiro

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.