Home / Notícias / Policiais / Operação de combate da violência contra a mulher cumpre mandados em Muriaé, Viçosa e Miraí

Operação de combate da violência contra a mulher cumpre mandados em Muriaé, Viçosa e Miraí

A Polícia Civil de Minas Gerais realizou, entre terça-feira (26) e quarta-feira (27), a operação “Marias’.

A ação aconteceu em todas as regiões Integradas de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais. A ação busca por envolvidos em violência doméstica além de alvos acusados de abusar de meninas menores de 18 anos de idade.

Um mandado de prisão foi cumprido no município de Miraí, que pertence à 3ª Delegacia Regional de Leopoldina. O alvo também foi preso em flagrante delito, por envolvimento em violência doméstica. Um outro mandado foi cumprido na cidade de de Rodeiro, que pertence à 2ª Delegacia Regional de Ubá. Também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na área do 4º Departamento de Polícia Civil.




De acordo com a delegada Carolina Gonçalves, que atua na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Juiz de Fora, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Juiz de Fora, nos bairros Alto Santa Rita e Jardim do Sol, e foram apreendidos um notebook, um pen drive e um celular. O material será encaminhado à perícia para dar continuidade a investigações.

Segundo a autoridade policial, também foi realizada fiscalização relacionada a medidas protetivas. Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Muriaé e um em Viçosa. Não foram divulgados detalhes sobre as ações nas referidas cidades.

O nome “Marias” faz referência à Maria da Penha Maia Fernandes, vítima emblemática de violência doméstica, referencial na luta em defesa dos direitos das mulheres e cuja identidade inspirou para a nomenclatura da lei “Maria da Penha”, ferramenta fundamental no combate à violência doméstica de familiar.




Fonte: Guia Muriaé, com informações da PCMG




Confira também

Detento sai para serviço externo, passa mal e morre

Um detento de 46 anos morreu após passar mal a caminho de um serviço externo, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *