SESI Muriaé sofre invasões e furtos após unidade ser fechada



A unidade do Serviço Social da Indústria (SESI) de Muriaé encerrou suas atividades no final do ano passado. Desde então, o SESI de Muriaé vem sofrendo com invasões e furtos.

Nas redes sociais, uma mulher registrou várias pessoas que invadiram a unidade e faziam uso da piscina. “Fico triste com essa situação, a invasão do SESI acontece todos os dias. A situação está ficando complicada para os vizinhos, porque não tem controle nenhum. O que resta a fazer é esperar a depreciação total do local. Fico indignada com o descaso”, disse. Outras pessoas denunciaram que o local estaria sendo usado para o consumo de drogas e que pessoas estariam fazendo sexo na unidade.

Nessa segunda-feira (19), aconteceu uma tentativa de furto no local. O funcionário de uma empresa de segurança chegou no SESI Muriaé e deparou com duas crianças no pátio. Elas saíram correndo e deixaram para traz um computador, um monitor, um teclado e um estabilizador. A Polícia Militar foi acionada e verificou que havia várias portas arrombadas na unidade. A perícia também compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe.




O terreno do SESI Muriaé foi doado a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) pela Prefeitura Municipal no ano de 1992. A FIEMG mantinha a unidade, porém no final do ano passado o fechamento do SESI Muriaé e de outras 40 unidades no Estado. Cerca de 300 famílias eram associadas à unidade de Muriaé.

Com o fechamento do SESI Muriaé, a FIEMG terá que devolver o terreno a Prefeitura de Muriaé. O Poder Executivo ainda não informou o que pretende fazer com as instalações.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.