Censo 2022: terminam hoje as inscrições para quase 22 mil vagas de trabalho no IBGE em MG

Há vagas em todos os municípios do estado. São processos seletivos para Agente Censitário Municipal / Agente Censitário Supervisor, Recenseador, Agente Censitário de Administração e Informática e Coordenador Censitário de Área.

Termina na tarde desta quarta-feira (29/12) o prazo para as inscrições do processo seletivo para contratar temporariamente 206.891 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2022. São oferecidas em todo Brasil 183.021 vagas para recenseador, 18.420 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em 5.297 municípios do país. Para Minas Gerais, as vagas estão divididas da seguinte forma: 18.935 para Recenseador, distribuídos nos 853 municípios mineiros; 230 para ACM e 2.360 para ACS.

Os recenseadores vão trabalhar na coleta de informações do Censo Demográfico 2022. São vagas de nível fundamental e os profissionais serão pagos por produtividade. Durante as inscrições, o candidato deverá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa para participar da seleção é de R$ 57,50, pode ser paga até 25 de janeiro, e a prova será aplicada na manhã do dia 27 de março de 2022.

Também estão abertas até hoje as oportunidades para agente censitário supervisor (ACS) e para agente censitário municipal (ACM), ambas de nível médio. Os salários são de R$ 1.700,00 e R$ 2.100,00, respectivamente. A taxa de inscrição é de R$ 60,50, pode ser paga até 25 de janeiro, e a prova será realizada também em 27 de março, só que na parte da tarde. As inscrições para recenseador e agentes censitários podem ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV): https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. A contratação temporária é regida pela Lei nº 8.745/1993.

Outras oportunidades de trabalho

Dois editais também foram lançados pelo IBGE no último dia 14, com 1.781 vagas de nível médio para agente censitário de administração e informática (ACAI) e 31 para coordenador censitário de área (CCA). Para Minas Gerais, são oferecidas 211 vagas para ACAI e 10 vagas para CCA.

As inscrições custam R$ 44,00 para ACAI e de R$ 66,00 para CCA, e podem ser feitas até 10 de janeiro de 2022 no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC): https://www.ibfc.org.br/concurso/concurso_selecionado/370. Os salários são de R$ 1.700,00 para ACAI e de R$ 3.677,27 para CCA, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias para ambas as funções. Para CCA, é obrigatório ter Carteira Nacional de Habilitação definitiva ou provisória, no mínimo categoria B, no prazo de validade.

Recenseador será pago por produtividade

Como os recenseadores são remunerados por produtividade, o IBGE preparou um simulador online, que calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. A jornada de trabalho recomendável para os recenseadores é de, no mínimo, 25 horas semanais.

Ideal é que recenseador more próximo de onde vai trabalhar

As vagas desse processo seletivo estão distribuídas por todos os 853 municípios de Minas Gerais e em outros municípios do país. Nos municípios maiores e em áreas remotas, as vagas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo. O ideal é que os recenseadores aprovados no processo seletivo sejam moradores das próprias localidades onde irão trabalhar, para economia de custos com deslocamentos e maior produtividade nas visitas domiciliares.

Salário para agente censitário varia de R$ 1.700,00 a R$ 2.100,00

As vagas para agente censitário municipal (ACM) e agente censitário supervisor (ACS) estão no mesmo processo seletivo e exigem escolaridade de nível médio completo.

Para as vagas de nível médio, os mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de ACM, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2022 naquela cidade. Já o ACS supervisiona as equipes de recenseadores. As remunerações dessas duas funções são de R$ 2.100,00 para ACM e R$ 1.700,00 para ACS, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital.

Candidatos podem participar dos dois processos seletivos

As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. Elas serão aplicadas no dia 27 de março de 2022 tanto ACM e ACS (provas à tarde), quanto para recenseadores (provas de manhã). O resultado final está previsto para 06 de maio de 2022.

Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos.

Já os candidatos a recenseador serão selecionados por uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos.

Os candidatos aprovados na primeira etapa receberão um treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento receberão uma ajuda de custo para transporte e alimentação. As contratações ocorrem logo em seguida.

Protocolos sanitários contra a Covid-19 no dia da prova

Todas as etapas do Censo 2022, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. Será exigido o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, além da disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova.

Devolução da taxa do processo seletivo cancelado

A devolução da taxa de inscrição do processo seletivo simplificado do Censo 2021, cancelado em outubro, pode ser solicitada no Portal do IBGE. O valor será restituído em até 40 dias após a solicitação. A orientação vale também para ressarcimento aos inscritos na seleção do Censo 2020.

Fonte: IBGE

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo