Homem encontrado morto e queimado em Manhuaçu estava com mãos e pés amarrados

Um mistério ainda envolve o assassinato de Joel José Neves, 43 anos, na Rua José Leandro da Silva, no bairro São Vicente, em Manhuaçu.

O corpo parcialmente carbonizado foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros no final da tarde dessa segunda-feira (20). A vítima encontrava-se com pés e mãos atados.

O caso está sendo tratado como homicídio devido às circunstâncias em que o corpo foi encontrado. Por volta de 16:50, os Bombeiros foram chamados por causa do incêndio na residência. A equipe dos Bombeiros visualizou a fumaça no imóvel.

“O foco era a cozinha e, inicialmente, até pensamos que fosse alguma panela. Foi preciso forçar a porta para entrar no imóvel. Tão logo iniciamos o combate às chamas, percebemos que havia um corpo parcialmente carbonizado. A vítima Joel José Neves já estava sem vida”, detalhou o sargento Benício, do Corpo de Bombeiros.

Ainda segundo o registro outros fatos chamaram a atenção. O fogo foi concentrado no corpo por conta de alguns cobertores e tecidos e atingiu uma cadeira.

Após controlarem o incêndio, o Corpo de Bombeiros acionou a Polícia Militar e preservou o local para a chegada da perícia da Polícia Civil.

Crime

Como os fatos indicam um homicídio, equipes da Polícia Militar foram para o local. O tenente Eledylson Pimentel explica que estão sendo feitos levantamentos sobre possíveis autores e motivação.

“Nas proximidades da casa incendiada, encontramos uma residência com vários pés de maconha sendo cultivados numa estufa dentro do imóvel. Estamos apurando o incêndio e o possível tráfico de drogas. Inicialmente não é possível vincular os dois fatos, apesar da proximidade das casas”, relata o oficial.

Os pés de maconha foram apreendidos pela Polícia Militar de Manhuaçu.

A PM confirmou que a vítima encontrava-se com pés e mãos atados. Segundo a polícia, ele era usuário crônico de drogas.

Fonte: Portal Caparaó


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre