Jovens tentam recuperar celular roubado e um acaba morto a facadas



Um jovem de 22 anos foi morto a facadas, na noite dessa terça-feira (6), na região central de Juiz de Fora.

Por volta das 23h30, Tales Tiago de Almeida acompanhava um amigo e eles foram até um bar, localizado na Avenida Barão de Cataguases, onde encontraram o suposto autor de um roubo, ocorrido na segunda-feira (5). Na ocasião, armado com uma faca, ele teria subtraído o celular e ainda o dinheiro do amigo de Tales.

No bar, eles solicitaram que o rapaz devolvesse o aparelho roubado. O cidadão então sacou uma faca, passando a ameaçá-los de morte. Tales e seu amigo então saíram correndo do local e foram perseguidos pelo autor e outros quatro ou cinco comparsas.




Já pela Rua Benjamin Constant, os dois tentaram embarcar em um ônibus coletivo que estava parado no ponto, contudo o motorista teria arrancado sem deixá-los entrar. Eles então foram alcançados pelo grupo e Tales acabou esfaqueado.

Uma equipe do SAMU chegou a ser acionada, mas nada pode fazer. Ele foi morto com cinco facadas, sendo uma no tórax e outras quatro na região dorsal. Após perícia, o corpo foi liberado e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Militar segue em rastreamento no intuito de localizar os autores.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.