Juiz de Fora poderá receber voto em trânsito em 2014



Até oito cidades de Minas Gerais poderão ter seções para receber eleitores que estejam votando em trânsito em 2014, ou seja, fora do seu domicílio eleitoral. Na Resolução que dispõe sobre os atos preparatórios para o pleito, aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 17 de dezembro, pela primeira vez se prevê o voto em trânsito nas cidades com mais de 200 mil eleitores.

Atualmente, sete municípios de Minas têm eleitorado superior a 200 mil, mas como o cadastro de eleitores ainda estará aberto até o dia 7 de maio, é provável que Governador Valadares atinja esse número para as eleições de 2014.




Os interessados em votar em trânsito para Presidente da República (não há voto em trânsito para os demais cargos) deverão se cadastrar em um cartório eleitoral de 15 de julho a 21 de agosto de 2014. Em 2010, só foram instaladas seções para voto em trânsito para Presidente nas capitais dos Estados.

Veja abaixo os maiores colégios eleitorais de Minas Gerais:

– Belo Horizonte – 1.875.119
– Uberlândia – 452.247
– Contagem – 435.932
– Juiz de Fora – 386.748
– Betim – 262.012
– Montes Claros – 249.411
– Uberaba – 214.500
– Governador Valadares – 199.607

A 9ª cidade do Estado no ranking do eleitorado, Ribeirão das Neves, está atualmente com 180.683 eleitores e Ipatinga, a 10ª, está com 179.119 eleitores.

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.