Home / Notícias / Região / MG, ES e RJ têm previsão de chuvas fortes neste fim de semana

MG, ES e RJ têm previsão de chuvas fortes neste fim de semana


Grandes área de fortes instabilidades sobre o Sudeste vão provocar chuvas nesta sexta-feira (9) e no fim de semana nos estados do Rio de Janeiro, do Espírito Santo e nas regiões centro-norte e leste de Minas Gerais. De acordo com a previsão do site Climatempo, as áreas de instabilidade são resultado da combinação da passagem de uma frente fria pelo litoral da região, com a grande disponibilidade de ar quente e úmido e a circulação de ventos que força a concentração de umidade.

O mau tempo deve atingir também localidades do Vale do Rio Doce e do Vale do Jequitinhonha e as cidades de Vitória e Belo Horizonte. Para a capital carioca e a região do Grande Rio, ainda há previsão de chuva para esta sexta-feira, mas não deverá haver temporal. A situação se altera no fim de semana, quando há previsão de chuva forte.




Na Região Serrana do Rio de Janeiro, em Angra dos Reis e no Sul Fluminense, apesar da chuva diminuir hoje, poderão ocorrer temporais fortes no fim de semana. O litoral de São Paulo volta ter períodos com sol já a partir desta sexta-feira. Embora ainda haja previsão de chuva até domingo, ela deve ser de fraca a moderada intensidade.

Alerta

A população da região dos Lagos e do Norte Fluminense deve ficar atenta porque as localidades permanecem em alerta para chuva volumosa nesta sexta-feira, com risco de alagamentos. Em Santo Antônio de Pádua, no noroeste fluminense, o rio Pomba subiu nas últimas 24 horas e atingiu hoje a cota de alerta.

Entre a manhã de ontem e desta quinta-feira foram registrados níveis extremamente elevados de chuva em várias áreas do litoral de São Paulo, do estado do Rio de Janeiro, do Espírito Santo e em Minas Gerais. Nesses locais, a chuva forte e volumosa causou enchentes, grandes alagamentos e deslizamento de terra em razão do solo encharcado. De acordo com o Climatempo, no Guarujá, região da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, em 24 horas choveu o equivalente à quantidade de chuva esperada para todo o mês de março.

Petrópolis

Na Região Serrana, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias de Petrópolis mantém a cidade em estágio de atenção. No distrito da Posse, um menino de 7 anos morreu vítima de desabamento, na comunidade do Querosene. De acordo com a prefeitura, equipes do município permanecem fazendo atendimento a moradores que sofreram danos causados pela chuva que atinge a cidade desde a noite de ontem. A Secretaria de Assistência Social, cadastrou, até o momento, 21 famílias desalojadas e outras três desabrigadas em consequência da chuva na localidade.

Os moradores da comunidade do Querosene estão sendo orientados a ir para casa de parentes porque a previsão é de continuidade de chuvas fortes. O alerta foi dado por carro de som e por mensagens compartilhadas pelas redes sociais. Houve deslizamentos, também, no distrito de Pedro do Rio. A Defesa Civil foi acionada para vistorias preventivas e avaliação dos riscos de queda de pedras no bairro Itamarati.

Como medida preventiva, a prefeitura decidiu suspender as aulas em em 10 unidades de educação na Posse. Uma delas é a Escola Municipal Oswaldo da Costa Frias, onde houve queda de uma barreira na parte de trás da unidade.

Fonte: Agência Brasil

Confira também

“Sementinha do Mal” com quase 20 passagens pela polícia é preso em Ubá

Nessa terça-feira (14), a Polícia Militar de Ubá prendeu um foragido da justiça. Trata-se de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *