Minas Gerais é o segundo Estado do país com mais mortes por dengue

O Estado só teve menos mortes que o Distrito Federal, onde 23 pessoas já perderam a vida por causa da dengue

Guia Muriaé no WhatsApp

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou hoje, quinta-feira (15 de fevereiro), um relatório alarmante sobre a situação da dengue no estado. De acordo com os dados apresentados, sete novas mortes causadas pela doença foram confirmadas, elevando o total para 18 óbitos registrados.


Minas Gerais encontra-se agora como o segundo estado com o maior número de mortes por dengue no país, ficando atrás apenas do Distrito Federal, onde 23 pessoas perderam suas vidas devido à doença. O Estado de São Paulo ocupa o terceiro lugar, com 11 vítimas em 2024.

As mortes foram distribuídas em várias regiões do estado, incluindo a capital Belo Horizonte, que registrou quatro óbitos, além de outras cidades como Cordisburgo, Ribeirão das Neves, Arceburgo, Bocaiúva, Conselheiro Lafaiete, Crucilândia, Jequitaí, Lagoa Santa, Monte Belo, Nepomuceno, Sarzedo e Sete Lagoas, todas com um caso fatal cada.

O aumento dramático no número de casos não se limita apenas às mortes, mas também ao número de atendimentos médicos. Em janeiro de 2024, as unidades de saúde pública de Belo Horizonte registraram um total de 28 mil atendimentos a pacientes com sintomas de dengue, chikungunya e zika. Esse número representa um aumento alarmante de 1.172,7% em comparação com o mesmo período de 2023, quando foram realizados 2.200 atendimentos.

A capital mineira enfrenta agora uma epidemia de arboviroses, caracterizada pelo aumento significativo no número de casos. Segundo os parâmetros de saúde, uma epidemia é declarada quando há 300 casos por 100 mil habitantes.

Diante desse cenário preocupante, as autoridades de saúde reforçam a importância da prevenção e do combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

A população é incentivada a adotar medidas de eliminação de criadouros do mosquito e buscar atendimento médico ao apresentar sintomas da doença, garantindo assim um tratamento precoce e adequado.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp

Botão Voltar ao topo