PM registra golpes aplicados em moradores de Visconde do Rio Branco e Rio Pomba

Guia Muriaé no WhatsApp

Na última quarta-feira (22), militares do 21º Batalhão de Polícia Militar registraram ocorrêncisa de estelionato aplicadas em moradores das cidades de Visconde do Rio Branco e Rio Pomba.

Em Visconde do Rio Branco, a PM foi acionada pela vítima, uma mulher de 53 anos, a qual relatou que recebeu uma mensagem via aplicativo WhatsApp, de um número que utilizava a foto de sua filha, e solicitou que a vítima fizesse o pagamento de uma conta alegando que caso não pagasse seria cobrado juros dessa dívida.

A vítima então achando que falava com a própria filha efetuou a transferência de certa quantia via Pix para os autores, porém após a transferência a mulher ligou para a filha, sendo alertada que a mesma havia caído em um golpe. A vítima foi orientada como proceder, e a ocorrência encaminhada para demais autoridades.

Já em Rio Pomba, a PM foi solicitada pela vítima, uma mulher de 60 anos, a qual informou que recebeu ligação de uma mulher se passando por funcionária da Caixa Econômica Federal, esta suposta funcionária teria alertado a vítima que foram realizadas transferências suspeitas da de sua conta poupança, e que se a vítima fizesse os procedimentos que seriam orientados via telefone, o dinheiro seria estornado.

A vítima respondeu que iria pessoalmente no banco para tratar dessa questão, mas foi interpelada pela suposta funcionária que pelo próprio telefone a questão poderia ser resolvida. A vítima alegou ainda que permaneceu na linha ouvindo as orientações, porém não passou nenhum dado pessoal ou bancário via telefone, mas que após desligar a ligação e verificar em seu aplicativo do banco, verificou que foram realizadas duas transferências de sua conta somando expressivo valor. A vítima informou ainda que procurou a agência para solucionar a questão, e esta ocorrência foi encaminhada para autoridade de polícia judiciária.

DICAS DE AUTO PROTEÇÃO CONTRA GOLPES VIRTUAIS

1. Desconfie de facilidades – Desconfie de ofertas ou oportunidades que você considere boa demais para ser verdade. Muitos golpistas usam promessas de lucros rápidos ou de negócios vantajosos para atrair vítimas.

2. Não compartilhe informações com desconhecidos – Evite compartilhar informações pessoais, como os números do cartão de crédito, senhas, números de seguro social ou dados de nascimento, por e-mail, mensagem de texto ou telefone

3. Use programas confiáveis e mantenha seu dispositivo atualizado – Certifique-se de que seu computador, smartphone e outros dispositivos estejam atualizados e protegidos com as últimas atualizações de segurança disponíveis pelo sistema operacional.

4. Opte por segurança adicional – Use senhas complexas e únicas para suas contas online e atualize-as regularmente. Evite senhas fáceis de adivinhar, como dados de nascimento ou sequências simples. Considere o uso de um gerenciador de senhas para ajudar a manter suas senhas seguras.

5. Confirme a veracidade de quem entrou em contato – Se receber uma mensagem, email ou chamada telefônica suspeita solicitando informações pessoais ou financeiras, entre em contato diretamente com a empresa ou instituição mencionada usando informações de contato oficial obtidas de seu site ou fontes confiáveis.

Se receber ligações de supostos parentes ou conhecidos pedindo dinheiro urgente, antes de fazer a transferência ou depósito bancário, tente entrar em contato por outros meios com essas pessoas para confirmar a veracidade da informação.

Lembre-se sempre que, órgãos governamentais não entram em contato por e-mail ou SMS, e nem enviam boletos para pagamentos.

Fonte: Guia Muriaé

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo