Home / Notícias / Região / Polícia Civil apura assassinato de taxista em Juiz de Fora

Polícia Civil apura assassinato de taxista em Juiz de Fora

Na manhã desta quinta-feira (22), a Polícia Civil de Minas Gerais informou, em Juiz de Fora, sobre a apuração da morte de um taxista de 23 anos. O crime foi cometido no dia 27 julho do ano passado, no Alto Santo Antônio.

Conforme o delegado Rodrigo Rolli, foram identificados os suspeitos de ser o mandante, de 32 anos, e o executor, de 18 anos. O mais velho já se encontra no Sistema Prisional, condenado a 52 anos de prisão pelos crimes de roubo e tráfico. “A motivação seria o fato de a vítima ter um relacionamento com a esposa do suspeito de ser o mandante. Ela já havia sido ameaçada no sentido de deixar o bairro, mas como não teria obedecido à ordem, gerou insatisfação por parte do investigado”, explicou o delegado.




O homem que teria executado o crime também se encontra no Sistema Prisional desde o dia 3 de março por tráfico de drogas na mesma região e por estar em posse de veículo clonado. “Conseguimos a apuração da efetiva participação dos suspeitos e a motivação por meio de testemunhas veladas, ouvidas em cartório”, ressaltou o delegado.

Fonte: PCMG

Confira também

Polícia Civil apura roubo de R$ 600 mil em Juiz de Fora

A Polícia Civil apurou, em Juiz de Fora, mais um roubo, cometido no dia 06 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *