Polícia Civil prende um dos traficantes mais conhecidos de Juiz de Fora



Nesta quarta-feira (4) a Polícia Civil de Minas Gerais realizou, em Juiz de Fora, a operação “Beneditina”, que culminou na prisão de quatro suspeitos por tráfico de drogas e associação para o tráfico, entre eles um homem, de 35 anos, foragido da justiça e um dos traficantes mais conhecidos da cidade.

Durante a ação, os policiais da Delegacia Especializada de Antidrogas se postaram de maneira velada, sendo possível monitorar toda a movimentação da “boca de fumo”. Em uma ação rápida e eficaz, os policiais adentraram na casa onde as drogas eram vendidas, local este que contava com um forte esquema de segurança, cercada por paredes altas e portão de ferro. No interior do imóvel foi apreendido uma grande quantidade de drogas, assim como balanças de precisão e um rádio comunicador.




Ainda durante a ação, um indivíduo, de 43 anos, que foi visto em atitude suspeita no local, tentou evadir de carro da equipe de policiais, sendo rapidamente contido, recebendo voz de prisão em flagrante pelo crime de desobediência.

O foragido da justiça possuia dois mandados de prisão expedidos em seu desfavor, referentes a condenações por tráfico e homicídio, os quais somam um total de 35 anos de prisão. Ele ficou amplamente conhecido por ter integrado a organização criminosa denominada “Irmãos Metralha”, responsável pelo tráfico de drogas na Zona Leste de Juiz de Fora. O foragido era conhecido como o “Matador dos Metralha”.

Material apreendido

– 29 pedras brutas de crack;
– 63 pedras de crack prontas para venda;
– 57 porções de cocaína em pedra;
– 31 papelotes de cocaína;
– 21 porções grandes de maconha;
– 35 buchas de maconha;
– 01 porção de pasta base de cocaína;
– 01 rádio comunicador sintonizado na frequência da Polícia Militar;
– 02 balanças eletrônicas.

Os presos foram encaminhados ao Ceresp, onde permanecem à disposição da Justiça.

Fonte: PCMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.