Policiais civis e militares invadem o Palácio da Liberdade em Minas



Servidores da segurança pública de Minas Gerais iniciaram uma manifestação nesta quarta-feira (6) em Belo Horizonte. Um grupo chegou a invadir o Palácio da Liberdade, antiga sede do Governo do Estado.

Aproximadamente dois mil manifestantes – entre policiais militares da reserva, bombeiros militares, policiais civil, e agentes penitenciários – pedem uma série de melhorias ao Governo de Minas.

Os manifestantes querem sobretudo a reposição das perdas salariais inflacionárias dos últimos quatro anos, o fim do parcelamento dos salários, e exigem o pagamento do salário no 5º dia útil.




Eles ainda acusam desvios no Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais e no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG).

O Governo de Minas ainda não se posicionou sobre a manutenção, que ocorre em um momento em que o Estado está sofrendo uma série de ataques e incêndios a ônibus, que estariam sendo coordenados por facções criminosas.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Estado de Minas

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.