Policial militar mata ex-companheira e foge sequestrando filha de 4 anos



Um policial militar matou a ex-companheiro e sequestrou a filha do casal, de 4 anos. O crime aconteceu na noite desse sábado (14), no Córrego do Ouro, zona rural de Santos Dumont.

Segundo informações da Polícia Militar, Gilberto Novaes, de 35 anos, invadiu a casa da ex-amásia, Sthefania Ferreira, de 29, e efetuou vários disparos contra ela. Em seguida, ele pegou a filha do casal e evadiu do local em um Palio, de cor cinza. O SAMU chegou ser acionado, mas a vítima não resistiu. Sthefania foi alvejada por três disparos.

Testemunhas disseram que eram constantes as ameaças que o policial militar fazia a ex-companheira. Ele estava lotado no 29º BPM, em Poços de Caldas, mas atuava na cidade vizinha de Campestre. Gilberto estava afastado de suas funções há cerca de três meses por conta de problemas psicológicos.




A PM acionou o plano de cerco e bloqueio e comunicou o fato as frações vizinhas, contudo o policial militar ainda não foi encontrado.

O carro que Gilberto dirigia no momento dos fatos era emprestado. Ele deixou seu veículo com um amigo em contrapartida.

Fonte: Guia Muriaé, com informações de O Tempo

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.