Policial penal é preso após matar médico por ciúmes da esposa

Vítima do homicídio
Um policial penal foi preso em flagrante, nessa quarta-feira (12), após matar um médico. O homicídio aconteceu em São João del Rei, no Campo das Vertentes.

A Polícia Militar foi acionada após disparos de arma de fogo em um loteamento em São João del Rei. Pouco após os tiros, um homem foi visto saindo de moto do local.

No local dos fatos, militares encontraram o médico José Augusto de Vasconcellos, de 53 anos, desacordado e ensanguentado dentro do próprio carro. Ele chegou a ser socorrido e levado até a Santa Casa, contudo não resistiu.

Durante diligências, a PM foi acionada para atender uma ocorrência de briga de casal. No local, o policial penal Cristiano Veronicio da Silva, de 35 anos, acabou confessando o homicídio.

O agente afirmou ter flagrado conversas íntimas da esposa com o médico. Ele então se passou por sua companheira e marcou o encontro com o médico. No loteamento, ele efetuou vários disparos contra José Augusto e fugiu do local.

O policial penal foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia Civil. Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que teve conhecimento do homicídio e que o Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) acompanha o caso e tomará as medidas administrativas cabíveis quando o inquérito policial criminal for finalizado.

Ainda conforme a pasta, Cristiano Veronicio é policial penal concursado desde 2009 e atua no Presídio de São del Rei I. “Ele estava de folga das atividades dele e usou arma e munição particulares”, informou a Sejusp.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo