Preso em Leopoldina PM suspeito de matar sogro na zona rural de Muriaé

A Polícia Militar de Leopoldina prendeu, na tarde dessa segunda-feira (7), um PM suspeito de ter matado o sogro a tiros na zona rural de Muriaé.

Por volta das 15h30, durante patrulhamento pela Rua Professora Zezinha Resende, no bairro Imperador, militares do Serviço de Inteligência (P2) abordaram J.J.C.A., 26 anos, policial militar do Estado do Rio de Janeiro, lotado no 11º BPM (Nova Friburgo), o qual encontra-se no momento desertor da referida instituição e foragido da justiça.

Natural e residente em Leopoldina, ele vem tem diversas passagens pela polícia, incluindo disparos de arma de fogo, além de ser suspeito de um homicídio ocorrido no dia 31 de maio de 2015 na zona rural de Muriaé. Na ocasião, Silvio Teodoro da Silva, 43 anos, foi morto a tiros em Bom Jesus da Cachoeira, distrito de Muriaé. A esposa da vítima chegou a perceber o autor correndo sentido a entrada que passa próximo ao sítio. Pelas características físicas, o suspeito se assemelhava a seu ex-genro, que já teria ameaçado a vítima de morte.

O fato foi comunicado ao 11º BPM, que ficou de enviar uma equipe para realizar a condução do militar desertor.

Fonte: Guia Muriaé, com foto de Marcelo Lopes


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo