Suspeitos de vender notas falsas pela internet são alvos de operação da Polícia Federal em Rio Pomba

Os investigados foram indiciados pelos crimes de associação criminosa e moeda falsa

Guia Muriaé no WhatsApp

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira, 16/4, a Operação Lamaçal com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão nos municípios mineiros de Contagem, Ibirité e Rio Pomba

, no combate à introdução de moeda falsa no comércio.

A investigação teve início com a prisão em flagrante de dois indivíduos residentes em Juiz de Fora. Eles repassavam cédulas falsas em estabelecimentos comerciais do município de Tabuleiro. Os criminosos apresentavam aos comerciantes cédulas falsas de valor elevado para aquisição de itens de baixo valor.

No decorrer da investigação, foi possível identificar que os presos haviam se associado a investigados residentes na cidade de Rio Pomba e na região metropolitana de Belo Horizonte. Eles comercializavam cédulas falsas na internet, em especial em grupos fechados de aplicativos de mensagens, onde combinavam a aquisição e revenda de moedas falsas, em uma clara associação criminosa.

As cédulas falsas comercializadas pelo grupo tinham valor nominal de R$ 20, R$ 50 e R$ 100 e eram entregues pessoalmente ou via postal. Os investigados foram indiciados pelos crimes de associação criminosa e moeda falsa, podendo ser condenados a penas de até 15 anos de reclusão.

Fonte: PF

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo