TRE-MG reverte cassação dos prefeitos de Santana de Cataguases e Viçosa

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) reverteu, nesta quarta-feira (12), a cassação dos prefeitos de Santana de Cataguases e Viçosa.

A Corte Eleitoral reverteu a cassação de Maria Jucélia Baesso Procaci, e de seu vice, José Eduardo de Lima, ambos do PSDB, por insuficiência de provas e declarou inválidas as eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Santana de Cataguases, acontecidas em setembro de 2013. Ainda foi afastada a penalidade de inelegibilidade aplicada à prefeita e ao vice, e ao antigo prefeito, Edgar Xavier de Souza (PSDB). Desta forma, Manoel Luiz Mathias (DEM), eleito para o cargo de prefeito nas eleições suplementares e seu vice, Sebastião Thomaz Pires (PT do B), terão que deixar os cargos.

Ainda durante a sessão desta quarta-feira, a Corte Eleitoral reverteu a cassação do prefeito de Viçosa, Ângelo Chequer (PSDB), por abuso de poder econômico e político. Ângelo Chequer foi eleito para o cargo de vice-prefeito nas Eleições 2012, tendo assumido a Prefeitura devido ao falecimento do prefeito reeleito Celito Francisco Sári (PR), em setembro. Por esse motivo, as ações foram extintas em relação a Celito.

Fonte: TRE-MG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre