Viçosa registra mais três mortes por covid-19

A Vigilância Epidemiológica confirmou, nesta sexta-feira, 16/04, mais três mortes causadas pela Covid-19. Também foram registrados 80 novos casos da doença. Agora, Viçosa contabiliza 5.492 confirmações, sendo que 5.260 pessoas já se recuperaram. São 169 casos ativos e 63 óbitos.

Um homem, de 77 anos, faleceu de insuficiência respiratória aguda e Covid-19, no último dia 14. O paciente testou positivo para doença no dia 4 de abril e, cinco dias depois, foi internado em leito de CTI, onde permaneceu até a data do óbito.

No último dia 14, também faleceu uma mulher, de 75 anos, de pneumonia por Covid-19. A paciente testou positivo para o coronavírus no dia 31 de março, sendo internada no CTI, no dia 5 de abril, onde faleceu.

Já no dia 15, um homem, de 71 anos, faleceu de pneumonia por Covid-19. O paciente foi internado em leito clínico no dia 29 de março e transferido para leito clínico com suporte intensivo no dia 2 de abril. No último dia 4, ele foi transferido para o CTI, onde permaneceu até a data do óbito.

O CTI Covid do Hospital São João Batista (HSJB) conta com 10 leitos, sendo que sete estão ocupados. São cinco pacientes positivos de Viçosa e dois de outros municípios. A taxa de ocupação é de 70%.

O HSJB conta com 20 leitos clínicos, sendo que 12 estão ocupados. São nove pacientes positivos e um suspeito de Viçosa, além de dois de outros municípios. A taxa de ocupação é de 60%. Não há paciente em leito com suporte intensivo no Pronto Atendimento (PA).

O Hospital São Sebastião (HSS) conta com sete leitos de CTI, sendo que cinco estão ocupados. São três pacientes positivos de Viçosa e dois de outros municípios. A taxa de ocupação é de 71%.

Dos 10 leitos clínicos adultos do HSS, dois estão ocupados por pacientes positivos de Viçosa. A taxa de ocupação é de 20%. Há uma paciente positiva de Viçosa internada em leito clínico obstétrico. Todos os quatro leitos clínicos pediátricos estão disponíveis. Não há paciente internado em leito com suporte intensivo no PA.

A Vigilância Epidemiológica registra 359 casos em investigação, sendo que 220 pessoas aguardam resultado do exame PCR e outras 139 são monitoradas pelo Telessaúde. Desde o início da pandemia, já foram descartados 31.848 casos.

Fonte: Jornal O Vigilante Online


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo