Viçosa tem a gasolina mais cara da Zona da Mata



Uma pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostrou que a cidade de Viçosa tem a gasolina mais cara da Zona da Mata.

Em Viçosa, o preço médio do litro do combustível é R$ 4,681. Em novembro de 2017, a cidade chegou a ter o combustível mais caro em todo o estado. O preço médio era de R$ 4,466.

O município ocupa a sétima posição do rank da gasolina mais cara de Minas Gerais, ficando atrás apenas das cidades de Frutal (R$ 4,702), João Pinheiro (R$ 4,725), Paracatu (R$ 4,770), Patrocínio (R$ 4,694), Uberaba (R$ 4,703) e Unaí (R$ 4,753).




Por outro lado, a gasolina mais barata de Minas Gerais é encontrada em Varginha, onde é comercializada pelo preço médio de R$ 4,309. Na capital mineira, o litro do combustível saí em média por R$ 4,336. O menor preço da Zona da Mata é em Juiz de Fora, onde o litro está na média de R$ 4,459. Em Muriaé, o preço médio praticado registrado foi de R$ 4,568.

A pesquisa da ANP foi realizada entre os dias 11 e 17 de março de 2018.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



2 comentários para “Viçosa tem a gasolina mais cara da Zona da Mata”

  1. Isso e pq vcs não conhecen Cataguases rsrsrsrsrs 4,65 a 4,76 gasolina comum aditivada chega a 4,90 a 5 e alguma coisa

  2. Leila says:

    A gasolina mais cara tá em ponte nova MG entre 4.85 e 4.75 acho que essa são mais caras né

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.