Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Câmara Municipal de Muriaé visita o Hospital São Paulo para conhecer sua realidade

Câmara Municipal de Muriaé visita o Hospital São Paulo para conhecer sua realidade

A saúde é uma preocupação constante na Câmara Municipal de Muriaé. Após a audiência pública realizada na Casa para discutir questões sobre o pronto socorro do Hospital São Paulo, a situação financeira da instituição, os vereadores sentiram uma necessidade de conhecer a realidade vivida pelos funcionários e pela administração.

Nesta terça-feira (10), o vereador José Harold (Junior da Civil) juntamente com o Diretor Geral do Legislativo, Alan Torres, fizeram uma visita técnica ao hospital, onde puderam acompanhar o procedimento necessário para atendimento do pronto socorro, os treinamentos dos funcionários, e as instalações em todos os andares.

A administradora do hospital, Rita Pereira, acompanhou a visita, explicando como funciona cada setor, e as exigências que a instituição deve cumprir.




“Hoje nosso objetivo é melhorar a qualidade de estadia do acompanhante do Sistema Único de Saúde (SUS), por isso estamos esperando a liberação de uma verba do governo para realizarmos a compra de cadeiras mais confortáveis. Existe também uma grande reforma na estrutura física do hospital. Iremos ampliar a ortopedia, reorganizarmos o pronto atendimento e aproveitamos melhor o espaço que dispomos. Já mandamos o projeto de ampliação e reforma do hospital, mas ele também precisa ser aprovado pelo Governo”, ressaltou Rita.

Hoje a maior dificuldade encontrada no hospital é o processo de triagem do atendimento. Muitas vezes pacientes que poderiam ser atendidos nos postos de saúde e policlínicas de bairros acabam procurando a instituição e isso atrasa quem realmente precisa do atendimento de urgência e emergências.

O trabalho dos vereadores junto à Secretaria de Saúde também será importante para garantir que o trabalho dos PSF’s sejam realizados de forma correta para não sobrecarregar a instituição.




“A visita foi extremamente válida, muitas vezes não conhecemos a verdadeira necessidade da instituição. Hoje o pronto socorro do hospital São Paulo é de responsabilidade do município, mas para cobrarmos e fiscalizarmos o investimento do dinheiro público precisamos estar cientes da situação. Hoje saio do hospital com a certeza de que os funcionários estejam realizando um bom trabalho e que precisam de ajuda para manter essa instituição funcionando”, afirmou o vereador José Harold.

Outras instituições também serão visitadas pelos vereadores.

Confira também

OMS alerta para possível nova onda de surto de febre amarela no Brasil

Com pelo menos 36 casos de febre amarela confirmados em humanos no período entre dezembro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *