Home / Notícias / Saúde e Bem-Estar / Escolas Estaduais de Minas Gerais estão mobilizadas contra a dengue

Escolas Estaduais de Minas Gerais estão mobilizadas contra a dengue

Escolas de Muriaé na luta contra a dengue

Mobilizar a comunidade escolar, conscientizando profissionais das escolas e os alunos a combater a Dengue. Essa foi a principal temática abordada durante toda essa semana nas escolas estaduais de Minas Gerais. A semana de mobilização foi finalizada com a transmissão ao vivo de um programa no Canal Minas Saúde, alcançando um público de mais 180 mil profissionais de todas as 3.686 escolas estaduais.




O Secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques e a Secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, participaram do programa e afirmaram que essa parceria é uma forte aliada no combate à Dengue, pois atinge um público potencialmente mobilizador, que são as crianças e os adolescentes. “Nosso maior inimigo é a água parada. Sendo assim, a atitude de mães, donas de casa e pais é fundamental. E a criança tem um forte papel para incentivar esse público a se mobilizar”, ressaltou Antônio Jorge. Já para Ana Lúcia Gazzola, “as crianças são excelente embaixadoras nessas campanhas de saúde pública, como na questão do tabagismo. Então, acredito que com relação a dengue, isso vai dar certo também, pois a criança mobiliza todos em seu redor”, afirmou ela.

As escolas estaduais alcançam um público de cerca de 2 milhões e 600 mil pessoas, que quando mobilizadas, são capazes de mudar os valores e comportamentos sociais de suas comunidades, sendo agentes do bem no combate à Dengue. “Os professores influenciam nessa mudança de comportamento e valor da sociedade. Na escola é possível abordar o tema de forma lúdica e multidispliscinar. A criança entende, assim, a importância da prevenção e traz aquilo para a sua comunidade”, completou a Secretária.

A comunidade da Escola Estadual Deputado Manoel Costa, no bairro Céu Azul, em Belo horizonte, já vem vivenciando essa mudança de comportamento. Roberto Bernardo, professor de Matemática, incentivou os alunos a transformar a educação em ação. Desde agosto de 2010, a escola trabalha com a idéia dos agentes mirins, que conscientizam os moradores de residências no entorno da escola. “Esse trabalho envolveu diversas etapas e disciplinas. Os alunos aprenderam sobre formas de prevenção, dados estatísticos, fizeram panfletagem porta a porta e pesquisas com os moradores”, explicou o professor. Como resultado, os alunos apresentaram para a comunidade quadros com os dados coletados, conscientizando e trazendo todos para uma ação mais efetiva na região.




Limpeza

Durante o programa, Antônio Jorge e Ana Lúcia ressaltaram que a cultura da limpeza tem que ser lembrada a todo momento. “É hora de dar um basta na água parada, chega de pneus jogados. Temos que nos manter vigilantes. A ordem é fiscalizar, limpar e faxinar”, frisou a Secretária. Antônio Jorge, alertou a todos sobre a importância do uso da água sanitária. “O Estado está adquirindo 1.5 milhão de litros de água sanitária, que é um forte aliado para a limpeza e eliminação dos focos. Porém, não podemos descuidar também das outras medidas de prevenção”, explicou ele.




Ações durante a semana

A temática Dengue foi abordada durante toda a semana nas escolas estaduais de Minas Gerais. Foram realizadas diversas atividades como oficinas de leitura, artes, produção de textos, confecção de cartazes, panfletos sobre o tema. Além disso, foram produzidas peças teatrais abordando a questão da Dengue e aconteceram palestras sobre o tema, com a participação de profissionais da Saúde, convidando toda a comunidade para participar das mesmas.

Dengue Mob

Uma das apostas como ferramenta de mobilização na Campanha Dengue Tem Que Acabar, o Dengue Mob, também foi mostrado durante o programa. O objetivo dessa ferramenta é que as pessoas cadastrem ações exitosas no combate à dengue promovidas na sua comunidade. O cadastro das ações deve ser feito pela internet, através do site http://www.denguetemqueacabar.com.br, e é necessário que a pessoa tenha um perfil no facebook.

A ferramenta entrou no ar em novembro de 2012 e vai funcionar até novembro de 2013, e premia mensalmente as três melhores ações, que são escolhidas por uma comissão julgadora. Antônio Jorge, Secretário de Saúde reforçou a importância dessa estratégia. “Essa ferramenta vem incentivar as pessoas a se mobilizarem e contribuírem nesse combate. Reitero que é extremamente importante a participação e engajamento da comunidade escolar nessa tarefa”, enfatizou ele.

Situação da doença

Em 2013, já foram confirmados 52.342 casos de Dengue em Minas Gerais e 41 óbitos. Diante disso, o Estado têm tomado diversas medidas, como investimento de mais de R$ 40 milhões, do Tesouro Estadual, para ações de combate a Dengue no Estado. Além disso, já foram instalados 26 unidades de hidratação, com capacidade para atendimento de até 200 pacientes/dia.

Fonte: SES-MG

Confira também

Vacina pentavalente está em falta em Muriaé

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que também registra falta da pentavalente na cidade. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *