Estudos mostram que dormir é pilar para vida com saúde

Guia Muriaé no WhatsApp

Estudos apontam que 80% das doenças não transmissíveis estão relacionadas ao estilo de vida, o que torna fundamental cuidar do movimento físico, da alimentação e das emoções para manter a saúde. Contudo, hoje o foco recai sobre um aspecto crucial e muitas vezes negligenciado: o sono. Entre os quatro pilares do estilo de vida saudável, o sono se destaca como o alicerce fundamental para uma vida equilibrada.


Uma noite mal dormida desencadeia uma série de reações negativas tanto no corpo quanto na mente. Para começar, há uma redução significativa no nível de atividade física no dia seguinte, com uma queda de 10 a 15% na disposição para exercícios e atividades diárias comuns, como caminhar ou subir escadas.

O sono inadequado também bagunça o equilíbrio hormonal. Estudos mostram que uma pessoa privada de sono tende a consumir até 500 calorias a mais no dia seguinte, devido à diminuição da produção do hormônio da saciedade (leptina) e ao aumento do hormônio da fome (grelina). Além disso, os níveis de cortisol, o hormônio do estresse, aumentam, contribuindo para o acúmulo de gordura corporal. A secreção de testosterona também diminui, reduzindo a força física e a libido.

A falta de sono afeta o humor e prejudica a função cognitiva, tornando difícil manter o foco, a concentração e o raciocínio no trabalho. Pesquisas comparativas demonstram que o nível de aprendizado é significativamente menor em pessoas privadas de sono em comparação com aquelas que dormem bem.

O cansaço físico e mental resultante de noites mal dormidas enfraquece o sistema imunológico, deixando o corpo mais suscetível a infecções e até ao crescimento de células tumorais. Dormir menos de seis horas por noite está associado a um aumento no risco de doenças cardíacas, derrames, diabetes e doenças mentais.

Para combater a sonolência, muitos recorrem ao café, mas consumir cafeína após as 15 horas pode atrapalhar a produção de adenosina, uma substância que promove a sensação de cansaço necessária para o início do sono. Outra prática comum é o consumo de bebidas alcoólicas para relaxar, o que, na verdade, impede a entrada no sono profundo e reparador, perpetuando o cansaço no dia seguinte. Assim, inicia-se um ciclo vicioso de dependência de cafeína durante o dia e álcool à noite.

Quebrar esse ciclo exige consciência e escolhas saudáveis. Priorizar o sono é fundamental para manter a saúde física e mental, além de prevenir uma série de complicações a longo prazo. Dormir bem não só melhora a qualidade de vida, como é essencial para o bem-estar geral.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Globo

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo