Minas Gerais já teve mais de 333 mil casos de dengue neste ano



Segundo o balanço divulgado na última sexta-feira (13) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), neste ano já foram notificados 333.984 casos de dengue no Estado, com 109 óbitos. A epidemia deste ano é a maior de todos os tempos, superando a de 2010, ano que até então tinha mais casos confirmados de dengue (194.636).

Municípios com óbitos confirmados em 2013: Uberaba (20), Uberlândia (3), Juiz de Fora (4), Mamonas (1), Carangola (2), Frei Gaspar (1), Buritizeiro (1), Ituiutaba (2), Ipanema (3), Teófilo Otoni (6), Cataguases (1), Pirapetinga (1), Pirapora (1), São Geraldo do Baixio (1), Montes Claros (3), São João da Ponte (1), Cláudio (1), Carneirinho (1), Campos Altos (1), Contagem (3), Muriaé (3), Sete Lagoas (4), Sacramento (1), Aimorés (1), Itauna (1), Belo Horizonte (8), Pedro Leopoldo (1), Santa Luzia (3), Águas Formosas (1), Santa Margarida (1), Carlos Chagas (1), Bocaiúva (1), Ubaporanga (1), Nova Serrana (1), Conquista (1), Itambacuri (1), Ponto Chique (1), Patos de Minas (1), Manhuaçu (1), Monte Carmelo (1), Santo Antônio do Monte (1), Iturama (1), Além Paraíba (1), Santana do Paraíso (1), Divinópolis (2), Ribeirão das Neves (1), Caetanópolis (1), Ipatinga (1), Piumhi (1), Ubá (1), Itabira (1), Leandro Ferreira (1), Tabuleiro (1), Araguari (1), Manga (1), Timóteo (1) e Salinas (1).




A SES-MG reitera a importância das ações de controle e prevenção por parte do poder público e da população. Todas devem ser mantidas e intensificadas, uma vez que em Minas já circulam os demais sorotipos (DEN 1, 2 e 3).

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.