Secretaria de Estado de Saúde confirma novos casos de Febre Chikungunya em Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) já confirmou cinco casos de Febre Chikungunya no estado. Nesta semana, foram confirmados três novos casos nos municípios de Alfenas, Belo Horizonte e Estiva.

Alfenas

Um caso foi registrado em uma mulher de 50 anos, que teve início dos sintomas no dia 21 de novembro. A paciente está sendo acompanhada por médico e liberada para continuidade do tratamento em domicílio.

* Fase da doença: aguda
* Município de residência: Alfenas/MG
* Local provável de infecção: Colômbia
* Informações laboratoriais: Sorologia positiva – Laboratório FUNED
* Atividades realizadas: bloqueio de casos realizados pelo município na data de notificação; investigação epidemiológica e busca ativa de casos sendo realizadas pela SES/MG, representada pela Superintendência Regional de Saúde de Alfenas juntamente com o município.

Belo Horizonte

Um caso foi confirmado em um homem de 34 anos, que teve início dos sintomas no 1º de dezembro. O paciente está clinicamente estável e vem sendo acompanhado por médico e liberado para continuidade do tratamento em domicílio.

* Fase da doença: aguda
* Município de residência: Brasileiro de Belo Horizonte, residente nos Estados Unidos, veio passar férias com a família em Belo Horizonte vindo de um período na Jamaica.
* Local provável de infecção: Jamaica
* Informações laboratoriais: PCR detectável– Laboratório FUNED
* Atividades realizadas: bloqueio de casos realizados pelo município na data de notificação; investigação epidemiológica e busca ativa de casos sendo realizadas pela SES/MG, representada pela Superintendência Regional de Saúde de Belo Horizonte juntamente com o município.

Estiva

Um caso foi confirmado em uma mulher de 28 anos, que teve início dos sintomas no dia 21 de novembro. A paciente vem sendo acompanhada por um médico e foi liberada para continuidade do tratamento em domicílio.

* Fase da doença: aguda
* Município de residência: Estiva/MG
* Local provável de infecção: Colômbia
* Informações laboratoriais: PCR positivo – Instituto Adolfo Lutz
* Atividades realizadas: bloqueio de casos realizados pelo município na data de notificação; investigação epidemiológica e busca ativa de casos sendo realizadas pela SES/MG, representada pela Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre, juntamente com o município.

A SES-MG informa, ainda, que está preparada para atuar de forma complementar com o município com ações de controle de vetores e de mobilização social preconizadas pelo Ministério da Saúde imediatamente caso seja apontada necessidade a partir da investigação realizada.

Fonte: SES-MG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo