Vitiligo: o que e quando suspeitar

Vitiligo é uma doença autoimune, não contagiosa, ou seja, é uma doença na qual as suas células de defesa atacam seu próprio corpo, no caso, os melanócitos, que são as células da pele responsáveis por produzir o pigmento chamado de melanina, que dá cor a nossa pele.

O local afetado pela doença fica com menos melanócitos e consequentemente menos melanina e sem melanina, essa pele fica sem cor, fica branca.

Quando você deve suspeitar de Vitiligo?

* Cor: As manchas do vitiligo têm um branco característico que chamamos de manchas acrônicas, pois são manchas muito brancas, decorrente da diminuição das células que produzem o pigmento que dá a cor da pele, chamada de melanina.
* Relação com os locais de aparecimento: no vitiligo essas manchas brancas são mais comuns na face, nos braços, e pernas. Em geral, ela inicia nas extremidades, como mãos e pés ou na região das pálpebras ou ao redor da boca, mas podem surgir em qualquer área do corpo, inclusive áreas com pelo, como a barba e cabelo
* Uma outra informação importante com relação ao local das manchas brancas é que elas podem aparecer em locais de trauma como por exemplo, depois de um arranhão na perna.

Diagnóstico

Na maioria das vezes é clínico, ou seja, o médico dermatologista vai analisar essas características que eu te falei nas manchas brancas que surgiram. Em casos duvidosos, pode ser necessária uma biópsia da pele para complementar esse diagnóstico.
Causas

* Fatores genéticos
* Idade e faixas etárias: o vitiligo acomete mais pessoas jovens. Em geral, metade dos casos aparece antes de 21 anos.
* Doenças autoimunes doenças da tireoide e diabetes. Só para você ter uma ideia de como isso é importante 1 em cada 5 pacientes com vitiligo terá problema na tireoide em algum momento da vida.

Tratamento

Deve ser individualizado caso a caso, mas de uma maneira geral é importante que você saiba que o Vitiligo não tem cura! O principal objetivo é o controle da doença diminuindo essa autoimunidade, ou seja, fazendo com que seu corpo pare de atacar seus próprios melanócitos. Isso é feito principalmente por medicamentos que suprimem localmente essa imunidade alterada. Um outro tratamento muito efetivo para o vitiligo é a fototerapia no qual a sua pele é exposta de maneira controlada à radiação ultravioleta.

Fonte: Brasil 61

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo