Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores



Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores

Reportagem publicada hoje (06) no jornal O Tempo informou que, em contato com o prefeito de Muriaé, José Braz, o mesmo garantiu a reportagem do jornal que não irá sancionar o texto, que aumenta o salário do prefeito, vice, secretários e vereadores a partir da próxima legislatura, em 2013.

Porém, o prefeito não disse se irá vetar ou deixar o prazo de análise se encerrar, o que faria a responsabilidade sobre a aprovação da lei voltar para a Câmara Municipal. Em caso de veto, a Câmara poderá derrubá-lo.

O projeto de lei foi aprovado no último dia 25 de junho em reunião da Câmara Municipal. O reajuste dos salário dos vereadores ficou em 38%. Já o reajuste dos salários do prefeito, vice e secretários ficou em 20,3%.

De acordo com os valores confirmados por Edmar Rodrigues, Secretário Municipal de Administração, veja os salários atuais e como ficarão com o aumento aprovado:

  • Prefeito = R$ 21.400,30 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 25.744,56
  • Vice-Prefeito = R$ 10.700,02 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 12.872,12
  • Secretário = R$ 8.583,64 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 10.326,12
  • Diretor de autarquias = R$ 8.583,64 (folha de maio) – a partir de janeiro/13 R$ 10.326,12

Segundo informações da secretaria da Câmara: Os vereadores recebem atualmente R$ 7.074,00 com o aumento o vencimento será de R$ 9.691,00.

Vale lembrar que o presidente da Câmara Municipal (durante o exercício da presidência) recebe o dobro do salário do parlamentar.

Obs.: Todos os valores informados acima são brutos.

Fonte: Guia Muriaé
Foto: UOL
Cópia permitida apenas a sites parceiros

Últimas notícias em vídeo



3 comentários para “Prefeito garante que não sancionará projeto de aumento de salários de prefeito, vice, secretários e vereadores”

  1. Renato Sigiliano says:

    Completamente previsível. Aliás, o prefeito não faz mais que a obrigação em vetar o aumento, completamente descabido. O problema é que, mesmo sem o reajuste, ele, os secretários e vereadores continuam com salários altíssimos. Se a presidente Dilma ganha R$ 26 mil pra dirigir o Brasil, porque o prefeito de Muriaé ganha R$ 21 mil para ‘desgovernar’ Muriaé?

  2. Felipe Neto says:

    Eu acho que se não estão satisfeitos com o salario (que já é muito pra o pouco que eles fazem) deveriam pedir demissão e ir trabalhar de verdade. Cambada de burguês.

  3. Moreira Jr says:

    Po, se o cara aprova o povo reclama, se o prefeito veta, o povo ele diz que ele faz mais que a obrigação. É muito dificil em…

Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.