Chuvas: Governo de Minas monta estrutura em todo o Estado para enfrentar situações de emergência



Quatorze depósitos foram instalados em cidades estratégicas e 707 municípios já possuem coordenadorias de defesa civil

Dentro de uma estratégia adotada nos últimos anos pelo Governo de Minas visando preparar o Estado para o enfrentamento de problemas ocasionados por desastres naturais, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) já conta com 15 depósitos avançados localizados em cidades estratégicas em todas as regiões.

Para o início do período chuvoso 2012/2013 a Cedec já adquiriu R$ 1 milhão 059 mil em materiais de ajuda humanitária.

A aquisição dos materiais faz parte do Plano de Emergência Pluviométrico lançado no final do mês passado pelo Governo de Minas. Já estão disponibilizados nos depósitos da Defesa Civil estadual 11 mil 350 colchões; 9 mil 295 cestas básicas de alimentos; 7.050 kits de higiene; 21.173 telhas; 9.869 cobertores; 492 lonas e 7.550 kits de limpeza.

Os 14 depósitos estão sediados em Barbacena, Bom Despacho, Diamantina, Governador Valadares, Lavras, Manhuaçu, Montes Claros, Passos, Teófilo Otoni, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Pouso Alegre e Juiz de Fora. Com as estruturas de apoio na capital e, principalmente no interior do Estado, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil tem condições de fazer chegar à população atingida por desastres naturais (seca ou chuvas) o necessário à sobrevivência em espaços de tempo mais curtos.

Além dos recursos já investidos a Cedec está investindo mais R$ 1 milhão na aquisição de nova remessa de materiais, visando aumentar os estoques disponíveis nos depósitos. Dependendo da intensidade das chuvas que caírem no Estado no final deste ano e início de 2013, o Governo poderá aumentar o montante de recursos a serem investidos no apoio aos municípios que porventura vierem a ser afetados com maior gravidade.

O coronel, Luis Carlos Dias Martins, coordenador estadual de Defesa Civil e chefe do Gabinete Militar do Governo do Estado, destaca que a antecipação de ações preventivas para o enfrentamento do período chuvoso segue determinação do governador, Antonio Anastasia no sentido de auxiliar todos os municípios que vierem a passar por situações de emergência. Em situações extremas helicópteros do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e da Secretaria de Meio Ambiente serão utilizados para transporte de equipamentos ou socorro a pessoas localizadas em regiões alagadas.

Além da Cedec a implementação do Plano Pluviométrico 2012/2013 conta com a participação das secretarias de Estado do Trabalho e Emprego; Transportes e Obras Públicas; Saúde; Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas; Desenvolvimento Regional e Política Urbana; Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Instituto Mineiro de Gestão das Águas; Departamento de Estradas e Rodagens (DER); Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG); Cemig, Copasa, Ruralminas e Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).

Capacitação

O secretário-executivo da Cedec, tenente-coronel, Fabiano Villas Bôas destaca que nos últimos anos, entre as ações de estruturação da Defesa Civil estadual, o Governo de Minas deu atenção especial à capacitação de aproximadamente sete mil profissionais para atuar no interior do Estado. Atualmente, dos 853 municípios existentes em Minas 707 já possuem coordenadorias municipais de defesa civil.

Balanço

No período chuvoso 2011/2012 um total de 273 municípios foram atingidos pelas chuvas, sendo que 239 declararam situação de emergência e outros 34 tiveram problemas, porém suportáveis pela própria sociedade local. Para atendimento das vítimas de desastres, a Cedec deslocou 182 equipes de profissionais para 40 municípios a fim de apoiar as prefeituras nas ações de resposta, bem como na confecção da documentação necessária para a solicitação de repasse de recursos ao Governo Federal.

Para atendimento das situações de emergência em 2011 a Cedec investiu mais de R$ 1 milhão, recursos oriundos do Gabinete Militar e da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Foram distribuídas 172 toneladas de alimentos; 80.800 metros quadrados de lona plástica; 12.770 telhas; 10.696 colchões; 8.666 cobertores; 6.030 kits de higiene e 104 kits de medicamentos.

Fonte: Defesa Civil de Minas Gerais

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.