Home / Notícias / Cidade / Suposto boato se espalha nas redes sociais e preocupa população de Muriaé

Suposto boato se espalha nas redes sociais e preocupa população de Muriaé

Nos últimos dias um suposto boato se espalhou pelas redes sociais (Facebook, Twitter, WhatsApp etc) e vem preocupando a população de Muriaé.

A mensagem que vem sendo compartilha diz que há um pessoal andando pela cidade se passando por enfermeiros falando que estão medindo colesterol e aplicando vacinas, mas que eles seriam portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) e doentes de AIDS e estariam contaminando as pessoas. De acordo com a mensagem, o carro dos supostos autores teria sido apreendido na cidade de Santa Margarida, local onde já teria duas pessoas infectadas. Ainda segundo a mensagem, os autores estariam soltos e seriam das cidades de Manhuaçu e Matipó. A mensagem termina com um alerta: “não deixe que pessoas desconhecidas entrem na sua casa para aplicar vacina, etc”.

A Polícia Militar informou que recebeu ligações via 190 de pessoas falando que ficaram sabendo do caso, mas nenhum caso confirmado, ninguém que teria sido abordado por eles registrou ocorrência.




Até então a história segue como boato, pelo menos em Muriaé. Entretanto, é sempre aconselhável não deixar estranhos entrarem em sua residência. Caso a pessoa se identifique como um funcionário público da prefeitura, perceba se ela esta trajando um uniforme e se possui algum crachá de identificação, por exemplo. Caso suspeito de alguém, acione a PM.

Em meados do mês de outubro, essa mensagem mensagem circulou pela cidade de Caratinga, entre outras cidades, e o texto vinha sendo adaptado de acordo com os Estados e as cidades.

Confira abaixo na integra a mensagem que vem circulando pelas redes sociais (clique para ampliar):




Boato circulando em Muriae

Fonte: Guia Muriaé





Confira também

Nota de falecimento: Marco Antônio da Silva

Faleceu nesta quinta-feira (9), aos 51 anos, o empresário Marco Antônio da Silva. Ele estava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Experimentoe o Novo Livre