Prefeitura inaugura novo CRAS em Muriaé

A luta pela redução da vulnerabilidade social em Muriaé ganhou novo reforço nesta segunda-feira (30), com a abertura do do novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

A nova unidade, localizada no antigo Centro Dom Delfim, na Barra (próximo à UPA) foi inaugurada nesta manhã pelo prefeito José Braz e pela secretária municipal de Desenvolvimento Social, Eveline Amaral. O vice-prefeito Marcos Guarino, o deputado estadual Braulio Braz e demais integrantes da equipe de governo do município também estiveram presentes.

O CRAS da Barra é o quinto Centro de Referência de Assistência Social de Muriaé. Além dele, existem unidades também nos bairros Aeroporto, Santa Terezinha e São Joaquim e ainda no distrito do Vermelho.

O local foi reformado com recursos próprios do município. Já os móveis foram alocados de outras repartições da Prefeitura onde estavam sem uso, reduzindo assim os custos para criação do novo espaço de atendimento à populaão.

Os CRAS são para a assistência social o que as UBSs representam para a saúde – ou seja, são instituições responsáveis pela proteção básica da população, de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Homenagens – Durante a inauguração, o prefeito José Braz e a secretária Eveline Amaral entregaram à empresária Luzia Santos troféu de honra ao mérito, em agradecimento à doação de uma máquina de impressão off-set e de uma gravadora de chapas para a Secretaria de Desenvolvimento Social.

O equipamento doado por ela, que é proprietária da Editora Gráfica Muriaé, permitirá a oferta de curso profissionalizante em Operação Gráfica pelo município.

Outra homenagem foi à senhora Bernardete Carneiro, que teve seu nome escolhido para batizar a sala de Proteção de Atendimento Interno à Família (PAIF), no novo CRAS.

Bernardete foi figura marcante na história de Muriaé, tendo sido a primeira mulher eleita vereadora no município. Ela também foi criadora da primeira escola gratuita a oferecer o antigo ginásio (correspondente aos anos finais do Ensino Fundamental) e atuou como secretária do projeto Pró-Moradia, que deu origem ao bairro Padre Tiago.

Fonte: PMM


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo