Zona da Mata pode passar a ter novas linhas de transporte intermunicipal



O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), publicou no Diário Oficial Minas Gerais aviso de audiência pública para exploração, sob o regime de concessão, dos Serviços Complementares de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado de Minas Gerais.

A concessão visa a criação de 70 novas linhas complementares a serem distribuídas em cinco lotes, abrangendo 16 dos 17 Territórios de Desenvolvimento de Minas Gerais. O objetivo é garantir o pleno atendimento do sistema intermunicipal a todos os municípios mineiros.




A audiência pública acontece no dia 10 de maio de 2017, às 14h30, na Cidade Administrativa do Estado de Minas Gerais, Edifício Minas, 7º andar, salas 6 e 7, Rodovia Papa João Paulo II, 4143, no bairro Serra Verde, em Belo Horizonte.

Novas linhas na Zona da Mata

Na Zona da Mata mineira, estão previstas novas linhas ligando os seguintes municípios: Pedra Bonita x Abre Campo; Vermelho Novo x Raul Soares; Sem Peixe x Dom Silvério; Divino x Orizânia; Chiador x Mar de Espanha; Pedra Dourada x Muriaé; Rio Casca x Santo Antônio do Grama; Juiz de Fora x Aeroporto Zona da Mata, em Goianá.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.