Home / Notícias / Educação / Estado beneficiará 100 mil estudantes das redes municipais de cidades da Zona da Mata

Estado beneficiará 100 mil estudantes das redes municipais de cidades da Zona da Mata

Estudantes

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado no ano passado mostrou que a rede pública estadual mineira é a melhor do país nos anos iniciais, tendo alcançado índice 6,0. O principal instrumento que fez com que a rede estadual se consolidasse como a melhor na etapa inicial da educação básica foi o Programa de Intervenção Pedagógica (PIP), que a partir desta semana será expandido para as redes municipais de 842 cidades do Estado. No polo Zona da Mata, a capacitação da equipe que trabalhará no PIP Municipal começa nesta terça-feira (19), em Juiz de Fora, e vai reunir mais de 300 educadores de 157 municípios da região que aderiram ao Programa.




A capacitação, que acontece entre os dias 19 e 21 de março, reunirá representantes das cidades que integram as Superintendências Regionais de Ensino de Barbacena, Carangola, Juiz de Fora, Leopoldina, Muriaé, Ponte Nova, São João del-Rei e Ubá. As equipes municipais do Programa, nessa região, vão atuar em 936 escolas e beneficiar cerca de 100 mil estudantes.

As equipes municipais do PIP trabalharão com os anos iniciais do ensino fundamental, 1º ao 5º ano, fase na qual o estudante desenvolve e consolida as habilidades de leitura e escrita e todo o conhecimento que o prepara para o restante da educação básica. A Secretaria de Estado de Educação (SEE) ofereceu às prefeituras toda metodologia para a implantação do Programa, incluindo, além de capacitações, material de apoio. Cada secretaria municipal de educação ficou responsável por definir os profissionais que vão atuar no Programa nas escolas municipais.

Capacitações no Estado




Entre os dias 18 e 27 de março, serão capacitados 1.750 educadores das equipes municipais do PIP dos 842 municípios que aderiram ao programa. As capacitações acontecem em seis diferentes polos no Estado: Centro, Vale do Aço, Zona da Mata, Sul, Norte e Triângulo. Com o PIP municipal, cerca de 850 mil estudantes de escolas municipais em todas as regiões do Estado serão beneficiados. No total, mais de 6,7 mil escolas municipais em todo o estado vão contar com o programa a partir da capacitação das equipes.

Acompanhamento e resultado




Criado em 2007, o PIP realiza um trabalho permanente de visitas e acompanhamento nas escolas estaduais para orientar o plano pedagógico, propor estratégias de intervenção, apoiar pedagogicamente os professores e alunos e, assim, garantir a qualidade do ensino. Com o Programa, as escolas da rede estadual conseguiram elevar consideravelmente a qualidade da alfabetização dos estudantes das escolas estaduais mineiras.

De acordo com os números do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), em sete anos — de 2006 a 2012 — o percentual de estudantes que sabem ler, escrever, interpretar e fazer síntese em um padrão considerado recomendável praticamente dobrou. Em 2006, eram 48,65%, já em 2012 esse percentual foi de 87,3%. O índice entre estudantes de redes municipais foi de 73,6% no ano passado.

O bom desempenho apontado pelo Proalfa na rede estadual é confirmado pelo resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ano base 2011, apurado pelo Ministério da Educação (MEC). Minas Gerais é, entre as redes estaduais brasileiras, a unidade da federação que está em 1º lugar nos anos iniciais, com Ideb 6,0, ultrapassando a meta estabelecida para a rede estadual em 2011, de 5,7. Em 2007, esse índice era de 4,9. O índice 6 do Ideb é considerado pelo Ministério da Educação como referência em países desenvolvidos, sobretudo daqueles que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Novas etapas da intervenção

Desde que foi criado, o PIP atuou de forma intensa nos anos iniciais do ensino fundamental das escolas estaduais. Devido aos bons resultados apresentados nos últimos anos, o Programa foi ampliado em 2012 para os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º anos) nas escolas estaduais.

Atualmente, a equipe do PIP conta com mais de 2,3 mil profissionais, que atuam tanto no órgão central da Secretaria, em Belo Horizonte, quanto nas sedes de cada uma das 47 Superintendências Regionais de Ensino. Esses educadores visitam as escolas, trabalham com os diretores e gestores escolares, visitam as salas de aula, identificam alunos de baixo desempenho e trabalham com eles.

O acompanhamento das escolas acontece de acordo com a necessidade. Escolas que apresentam resultados mais baixos nas avaliações educacionais, por exemplo, recebem um acompanhamento mais frequente, com visitas semanais, enquanto aquelas que já conseguiram alcançar índices mais altos são visitadas em períodos mais espaçados. Só em 2012, foram feitas quase 50 mil visitas de profissionais da educação em escolas da rede estadual.

Só na rede estadual, o PIP já beneficia cerca de 1,3 milhão de estudantes em mais de três mil escolas. Com a expansão do PIP para escolas das redes municipais, outros 850 mil estudantes serão beneficiados.

Serviço

Expansão do Programa de Intervenção Pedagógica (PIP) para as redes municipais de ensino – Capacitação dos agentes municipais do PIP Municipal no polo Zona da Mata
Data: 19/03 a 21/03
Local: Academia de Comércio de Juiz de Fora – Auditório FHC. Endereço: Rua Halfeld, 1.179, Centro. Juiz de Fora.
Horário: A partir das 8h

Fonte: Agência Minas

Confira também

Período de renovação de matrícula nas escolas estaduais é prorrogado até 11 de dezembro

Pais ou responsáveis por alunos que desejam continuar estudando na mesma escola estadual que estiveram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *